22213 0

Commvault e Huawei lançam uma solução de backup para nuvens híbridas

A Commvault e a Huawei anunciam o lançamento da sua solução Hybrid Cloud Backup, que permite às empresas salvaguardar de forma segura e eficiente os dados chave dos seus centros de dados privados numa nuvem pública da Huawei, utilizando o software da Commvault. A solução reduz significativamente a investimento do cliente em backup de dados e simplifica a sua manutenção. Além disso, proporciona recursos de armazenamento on demand para ajudar as empresas que estão a crescer rapidamente, permitindo-lhes libertar-se da manutenção e da planificação de armazenamento de backup, assegurando um elevado nível de segurança e de disponibilidade dos dados críticos.

Ao contrário do backup de dados on-premise, esta solução proporciona recuperação de desastres remota, o que permite às nuvens públicas da Huawei oferecer um armazenamento de objetos prático e de alta capacidade a um baixo custo e com uma durabilidade excecional dos dados. Além disso, a solução suporta encriptação na transmissão e armazenamento de dados, para garantir a segurança da informação empresarial.

Meng Guangbin, presidente da linha de produtos de armazenamento da Huawei afirma: “Os dados são ativos cruciais para as empresas e é sempre uma tarefa difícil manter e incrementar o seu valor. A Huawei e a Commvault começaram a colaborar em princípios de 2012 e temos trabalhado em conjunto desde então para inovar no campo da proteção dos dados. As soluções conjuntas que incluem o hardware de armazenamento da Huawei e o software de backup da Commvault obtiveram um grande sucesso em todo o mundo durante os anos passados. Com o objetivo de garantir que os dados fluem de forma livre e segura entre uma nuvem privada e uma nuvem pública, e para satisfazer o desenvolvimento do negócio no momento em que é necessário, a Huawei e a Commvault ampliaram as suas capacidades de backup aos cenários cloud híbridos”.

Osgar daat, vice-presidente da área do grupo de soluções de avançadas da Commvault EMEA afirma: ”Tendo em conta que o ambiente híbrido será provavelmente a norma em poucos anos, será fundamental a capacidade de mover workloads entre nuvens e centros de dados on-premise de forma simples. Nos próximos dois anos, assistiremos à mudança, por parte das empresas, para um networking híbrido multi-nuvem, que trará vantagens competitivas mas também mais complexidade. Há muitos benefícios, que vão para além de pagar apenas pelo que se usa. Escolher o software adequado permitirá às empresas salvaguardar os dados na nuvem e, se necessário, restaura-los na mesma nuvem, automaticamente convertendo em formato VM. Este tipo de funcionalidade pode reduzir de forma significativa os custos da recuperação de desastres, possibilitar cenários de teste e desenvolvimento na nuvem e simplificar e eliminar o risco das operações de upload ou deslocação das workloads adequadas”.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Zarph implementa solução MB WAY em todas as unidades CUF

A Zarph acaba de concluir o seu primeiro projeto na área do MB WAY para a José de Mello Saúde. Enquanto parceiro certificado pela SIBS, a Zarph foi

Ericsson e PT Sistemas de Informação estabelecem parceria para mercados externos

A Ericsson e a Portugal Telecom assinaram recentemente um memorando de entendimento global, no âmbito do qual é estabelecida uma parceria estratégica entre a PT Sistemas de Informação

Switches empilháveis xStack DGS-3420 da D-Link

Para ajudar as empresas a preparar suas redes para o futuro, a D-Link anuncia hoje o lançamento da série DGS-3420, composta por switches Gigabit/10Gb empilháveis de nível 2/3/4,

Aon fortalece parceria com Manchester United

A Aon Plc e o Manchester United anunciaram um novo programa que aproveitará a elevada consciência de ambas entidades através de um distinto projecto de business-to-business e de

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *