A Cloud Híbrida acompanha o seu ritmo

140800
0
Share:

Num mundo cada vez mais tecnológico e competitivo, as organizações focam-se, cada vez mais, em ter ao seu dispor as melhores e mais eficientes ferramentas que lhes permitam destacar-se da sua concorrência. Neste contexto, a tecnologia tornou-se um elemento fundamental para se conseguir obter as vantagens competitivas de suporte ao negócio necessárias, proporcionando também, às empresas, a resposta às suas principais necessidades.

As mudanças tecnológicas em curso, desde a análise de grandes conjuntos de informação, o conhecido conceito de big data à proliferação de dispositivos com capacidades de processamento, a chamada Internet das Coisas, passando pela crescente disponibilidade de equipamentos móveis que substituem ou complementam os tradicionais computadores, levam as organizações a olhar para as suas estratégias de forma mais cuidada e a preocuparem-se em identificar e integrar as melhores soluções para os seus negócios. Até porque, como muitos defendem, estamos a assistir a uma revolução das Tecnologias de informação, com profundas alterações nos modelos de operação, de uma utilização centralizada para uma em que os recursos, a partir de uma base operacional internalizada, são acedidos e utilizados de acordo com as necessidades, ou são inteiramente externalizados para uma utilização em cenários de mobilidade. Exemplos disso são, entre outras, as ferramentas de CRM.

A não esquecer também, que com estas constantes transformações muito problemas que existiam, até à altura, para as organizações vão deixar de existir, nomeadamente com facto de no passado existir uma capacidade computacional por picos, que obrigava as organizações a comprar a melhor máquina, de forma a que fosse possível aguentar os picos de processamento. Enquanto que, atualmente, isso já não é uma preocupação, agora apenas pagamos por aquilo que é utilizado no momento em que é necessário. Desta forma, a Cloud já não é só uma ferramenta de armazenamento, é também um ambiente computacional que nos proporciona enormes benefícios.

As soluções de Cloud Hibrida constituem uma das principais tendências a ter em consideração no desenvolvimento de soluções tecnológicas para organizações. As soluções Cloud são, cada vez mais, encaradas, pelas organizações, como um elemento fundamental para melhorar a produtividade do seu negócio e aumentar a sua competitividade. Por outro lado, a utilização deste tipo de soluções permite-lhes focarem-se inteiramente no seu negócio, com a garantia de que a informação estará sempre disponível, sempre que necessário. Desta forma, deixam de existir um conjunto de preocupações, nomeadamente com a infraestrutura tecnológica, atualização e instalação de versões, manutenção, entre outras.

No entanto, a adoção de soluções Cloud ainda é limitada por algumas questões como a segurança e a confidencialidade dos dados, entre outros. Esse é o principal motivo pelo qual ainda são poucas as empresas que adotaram totalmente os serviços Cloud, embora a confiança na utilização destes serviços tenha vindo a aumentar à medida que as pessoas a têm usado cada vez mais, a nível pessoal e profissional. Os ambientes “mega-cloud” têm também vindo a ganhar mais confiança, após a aposta de empresas que desenvolveram serviços que estão de acordo com as necessidades de outras grandes empresas, sendo que existe também a possibilidade de, quando as organizações não estão a utilizar o total da sua capacidade computacional, vender a parte que não está a ser usada, permitindo assim rentabilizar o investimento ou parte do seu possível prejuízo.

Por outro lado, é importante que as organizações tenham em atenção que, ao longo do tempo, as soluções on premise, requerem substituição ou update. Como tal, quando isto acontece é essencial que estas tomem consciência e considerem investir nos seus próprios serviços e requisitos de competências que são necessários, ou então que optem por comprar essa solução como serviço e Cloud. De referir que, ao mesmo tempo, que as empresas têm centenas de soluções diferentes, usadas por pessoas diferentes, a Cloud pode ser uma forma mais efetiva de se conseguir entregar serviços críticos para o negócio.

Deste modo, a principal questão reside na decisão de quais os serviços e aplicações a utilizar numa plataforma on premise e quais os que podem ser utilizados em cenários de cloud. O facto de existir uma necessidade de maior agilidade na utilização de recursos, o acesso a informação e aplicações em ambientes de mobilidade cada vez mais comuns, o acesso a enormes capacidades de processamento em períodos curtos, bem como a disponibilidade de capacidade de processamento onde e quando são necessárias, têm vindo a possibilitar, à Cloud e aos modelos de consumo de recursos de TI flexíveis, escaláveis e ágeis que elas sustentam, assumir uma posição de grande relevância.

Uma infraestrutura hibrida permite que uma organização teste soluções de forma imediata, ou seja, testando-o em primeiro lugar, antes de avançar com a sua implementação. A capacidade para testar os update e soluções em ambientes curtos antes da implementação, permite que o resultado seja mais efetivo e tenha uma menor suscetibilidade para bugs, que apenas podem ser percecionados em direto.

Desta forma, a Cloud Híbrida por esta e por todas as outras razões, constitui-se como o futuro para a criação de negócios com forte crescimento e altamente sustentáveis. Já ponderou implementar a Cloud Hibrida na sua empresa?


Share:
Nelson Pereira

Deixe o seu comentário