20564 0

Claranet mantém-se Líder, pelo quinto ano consecutivo, no Quadrante Mágico da Gartner

A Claranet foi considerada, pelo quinto ano consecutivo, Líder no Quadrante Mágico da Gartner para Managed Hybrid Cloud Hosting, sublinhando assim, uma vez mais, a liderança de mercado que detém na indústria Europeia de hosting. Este reconhecimento segue-se ao anúncio feito, em Março deste ano, de que também está presente no recém-criado Quadrante Public Cloud Infrastructure Managed Service Providers.

Para Charles Nasser, CEO da Claranet, “estamos orgulhosos de termos sido reconhecidos, este ano, no Quadrante Mágico da Gartner, e acreditamos ser o reflexo do trabalho que temos vindo a fazer, enquanto organização, para melhorar de forma constante a nossa especialização e aptidão em hosting.”

“Este ano temo-nos mantido focados em oferecer os melhores serviços de gestão de cloud, a nível público e privado, e investimos fortemente em assegurar que conseguimos dar resposta às necessidades, frequentemente complexas, dos nossos clientes e as suas aplicações mais importantes. Fundamentalmente, são as aplicações e os dados que fazem uma organização evoluir, por isso terem a infraestrutura, ferramentas e conhecimento para conseguirem alcançar o equilíbrio entre segurança, disponibilidade e performance é essencial”, continua.

“Nos últimos anos temos vindo a investir na criação de laços fortes com os maiores fornecedores de cloud pública. Isto, juntamente com a nossa própria infraestrutura, aplicação de conhecimento e herança em provisionamento de rede, significa que conseguimos oferecer soluções de vanguarda de cloud híbrida que ajudam os nossos clientes a terem resultados fora de série. Acreditamos que é por isso que estamos em vantagem num ambiente bastante competitivo e de ritmo acelerado.”

A avaliação do Quadrante Mágico da Gartner oferece exemplos de mercados e dos seus participantes. Permite aos utilizadores identificarem/mapearem os pontos fortes dos fornecedores e compará-los com as suas necessidades atuais e futuras. A Gartner avaliou o portfolio de hosting da Claranet quer a nível da sua visão integral, quer a nível da sua capacidade execução, recorrendo a 15 critérios ponderados.

No seu último relatório, publicado a 28 de Junho, a Gartner defende que “os líderes demonstraram que têm poder neste mercado, inovam com frequência a sua oferta e são de confiança na satisfação de necessidades de classe empresarial.  Provaram a sua competência técnica e capacidade de oferta de serviços a um vasto leque de clientes. Conseguem igualmente dar resposta a vários casos com soluções únicas ou integradas.”

O CEO da Claranet conclui que, “com os departamentos de TI a sofrerem uma pressão significativa para inovarem e acrescentarem valor às suas organizações – sem comprometerem a segurança –, necessitam de fornecedores capazes de responder às suas exigências e de estarem eficazmente alinhados com os seus objetivos estratégicos. Para alcançarem uma maior agilidade e eficácia – e por isso mesmo terem mais tempo livre para dedicarem à inovação – é crucial que os negócios tenham as suas aplicações e infraestruturas em ordem e no sítio certo”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

NOS testa solução de tutoriais interactivos da Helppier

A NOS e a startup Helppier estabeleceram uma parceria exclusiva com vista a tornar mais funcional e intuitivo a navegação na área pessoal do site da operadora. A

OKI reduz em 30% os gastos em papel e impressão

A OKI responde ao desafio lançado pela administração pública, para a redução dos gastos de impressão em papel e consumíveis, dos organismos públicos, com o compromisso de poupanças

IBM e Cidadãos-Cientistas vão contribuir com o equivalente até 200 milhões de dólares para investigação climática e ambiental

À medida que a mudança climática acelera, a IBM está a incentivar a comunidade científica mundial com uma enorme infusão de recursos de computação, dados climáticos e serviços

Opensoft lança framework opensource Lightweightform na Web Summit

A Opensoft vai lançar o Lightweightform (lightweightform.io) durante a sua participação como expositora num dos maiores eventos mundiais de tecnologia – a Web Summit, que decorre em Lisboa

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *