CIONET anuncia lista de melhores profissionais de TIC em Portugal

7656
0
Share:

A CIONET anunciou a lista dos candidatos a melhor CIO português, um conjunto de profissionais que se distinguem no setor das TIC em terras lusas. Desta lista serão eleitos os nomes que vão representar o nosso país no European CIO of the Year, um evento internacional organizado anualmente pela CIONET.

A lista de finalistas conta com representantes de empresas dos mais diferentes setores de atividade:

– Alexandre Ramos, Diretor de Tecnologias de Informação da Lusitânia Seguros
Formado em Engenharia Informática e de Sistemas pelo Instituto Superior de Engenharias de Coimbra, Alexandre Ramos foi anteriormente responsável pelas TIs do Grupo AXA Portugal.

– António Menezes, CIO e CEO da Sata Airlines
Com um Doutoramento em Economia pelo Boston College, onde também completou um Mestrado em Economia, o atual CEO da SATA conta ainda com formação no AMP (Advanced Management Programme) da Universidade Católica e com Licenciatura em Economia pela Universidade Nova de Lisboa.

– Bruno Cortes, CIO da Parfois
Bruno Cortes tem como principais argumentos na sua formação profissional o MBA em Gestão e Marketing da Porto Business School e a pós-graduação em A Nova Agenda da Liderança Empresarial pelo Instituto da Empresa. É ainda mestre em Ciências Informáticas, formação ministrada pela Universidade do Minho.

– Guilherme Teixeira, CIO do Grupo Casais
O responsável do Grupo Casais trabalhou anteriormente na Sonae Indústria. Licenciado em Química pela Universidade do Minho, o CIO tem ainda um Mestrado em Informática pela mesma instituição, e conta com uma pós graduação em Finanças pela Porto Business School.

– Nuno Miller, CIO da Farfetch
Nuno Miller ingressou na Farfetch depois de ter assumido funções na Parfois, na Organtex e na Deloitte. Com um Executive MBA pela Eudem (Escola Europeia de Desenvolvimento Empresarial), o CIO tem ainda uma licenciatura em Engenharia pela Universidade do Minho.

– Pedro Ferreira, Diretor de Sistemas e Tecnologias de Informação no Infarmed IP
Após ter trabalhado em empresas como a PT SI, a Novabase e a Ernst & Young, Pedro Ferreira dedica agora o seu tempo e competências ao Infarmed. Com formação em Engenharia Informática e Mestrado em Economia e Gestão de Ciências, Tecnologia e Inovação, bem como em Administração de Empresas (ambos pelo ISEG), Pedro Ferreira fez ainda o Programa de Gestão da Universidade Católica em 2010.

– Rui Ferro, Diretor de Tecnologias de Informação na AdvanceCare
Formado em Engenharia Eletrotécnica e Computadores pelo Instituto Superior Técnico, Rui Ferro trabalhou anteriormente no Banco de Portugal, na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa e na Portugal Telecom.

– Rui Gomes, CIO do Hospital Fernando Fonseca
Rui Gomes acumula a licenciatura em Engenharia Elétrica e Eletrónica da Universidade de Coimbra com uma pós-graduação em Gestão de Informação (Universidade de Aveiro), uma certificação em Sistemas de Informação em Saúde pelo INA, um mestrado em Informática Médica (pela Universidade do Porto) e um doutoramento em Administração Empresarial pelo ISCTE. Trabalhou antes no CINTESIS (Ministério da Saúde).

No apuramento do melhor CIO haverá três categorias: CIO orientado para Cliente, CIO orientado para Tecnologias e CIO orientado para Processos de Negócio. Dos oito responsáveis vão ser eleitos três que serão propostos para representar Portugal no evento europeu. Esta iniciativa da CIONET visa sensibilizar a comunidade para as mudanças no papel que os CIOs têm nas suas organizações e premiar os melhores CIOs, de acordo com o valor de negócio gerado pelos projetos implementados.

Reconhecido como CIO do Ano em Portugal no ano passado, Artur Loureiro, da Sonae, estará presente no evento, para debater o papel da CIONET junto da Comissão Europeia e os pontos que estão em estudo pela instituição. De resto, não faltará ao encontro Jaime Quesado, economista e especialista em Estratégia, Inovação e Competitividade.

“A iniciativa de CIO do Ano tem vindo a ganhar cada vez mais relevância no panorama nacional e no cenário europeu, e só podemos estar orgulhosos desse facto”, explica Rui Serapicos, Managing Partner da CIONET Portugal. “No entanto, o evento não serve somente para reconhecer o trabalho dos CIOs dentro das suas empresas e no mercado, mas para reforçar a posição que Portugal tem vindo a assumir junto da Comissão Europeia no desenvolvimento de novas estratégias, onde os representantes se orgulham de promover o papel que as TIC desempenham na economia nacional e de salientar os aspetos onde ainda existe espaço para melhorias”.


Share:

Deixe o seu comentário