CINEL com crescente procura internacional

11616
0
Share:

O Centro de Formação Profissional da Indústria Electrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação, (CINEL) é cada vez mais procurado por formandos e entidades estrangeiras.

Só este ano, e integrado no Programa Leonardo Da Vinci, o Centro acolheu a visita técnica designada “Exchange of Teachers and Employers Experience” por parte de um grupo de profissionais de Educação e Formação da Polónia que tinha como objetivo conhecer o sistema educativo em Portugal.

No âmbito do Programa “VatTools – Tools and methods for recognitions and validation of prior learning”, recebeu a visita de uma Delegação de Profissionais da Artic Vocational Foundation, oriundos da Noruega, Suécia e Finlândia que teve por objetivo o conhecimento do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências em Portugal.

De França, e no âmbito do Lifelong Learning Programme, chegou uma delegação de dirigentes de Centros de Formação e Aprendizagem da região de Languedoc-Roussillon que integram a Rede de Câmaras (Chambres de Métiers de L´Artisanat) daquela região.

Em relação a estudantes, e ao abrigo do Programa Leonardo da Vinci, o CINEL, na qualidade de entidade de acolhimento e formadora ministrou formação em Software, Hardware e Redes de Computadores a 16 jovens polacos; energias renováveis a 2 grupos de 20 jovens romenos; Auto CAD aplicado à jardinagem a 15 jovens gregos e um curso de Web 2.0 a 13 para formadores gregos;

O CINEL recebeu ainda a visita do Presidente da ADEA (Asssociation pour le Développement del´Enseignement en Afrique), Hamudi Boukari alto funcionário do African Development Bank (Banco financiado pela ONU e UNESCO) com o objectivo de conhecer as potencialidades do centro na perspectiva de poder vir a recorrer ao CINEL para a instalação de um Data Center assente num sistema de servidores de e-learning e laboratórios virtuais para a constituição de uma rede de e-learning e b-learning pan-africana apoiada pela ADEA e pela UNESCO.

A quantidade de individualidades estrangeiras aumenta se se referirem as visitas de representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI – Brasil), do Director Nacional do Ministério da Educação de Moçambique, Ivaldo Quincardete, da responsável Europeia da SAMSUNG, Arabella Bakker e do presidente da Angola Telecom, João Adolfo Martins.

Recentemente, o CINEL passou a incluir um pacote formativo da Microsoft Academy IT que permitirá certificar formadores do CINEL em tecnologia Microsoft, os quais, posteriormente, estarão aptos a formar nessa área.

O CINEL é, desde 1995, uma instituição de formação criada por protocolo entre o IEFP,IP e a Associação das Empresas do Sector Eléctrico e Electrónico (ANIMEE) que forma e certifica profissionais nos domínios da Eletrónica, Automação e Robótica, Energias Renováveis, Telecomunicações e Tecnologias da Informação.

Com uma média anual de mais de dois mil formandos, o Centro possui 22 laboratórios equipados com a mais moderna tecnologia e está certificado pela APCER, pela ANACOM, pela CISCO, pela Microsoft e ainda em Tecnologia KNX (EIB) (domótica) e em Microssoldadura SMD e BGA.


Share:

Deixe o seu comentário