Connect with us

Software

Ciber-espionagem móvel assume dimensões preocupantes

Patricia Fonseca

Publicado a

A ciber-espionagem móvel está no seu auge. Em 2012, a Kaspersky Lab já avisava que esta tendência – o roubo de dados dos telemóveis, o rastreamento de pessoas através desses dispositivos e os serviços de geolocalização – iriam tornar-se num fenómeno amplamente difundido.

O número de programas maliciosos que, pelo seu comportamento, são classificados como Spy-Trojans ou backdoors tem crescido significativamente durante o último ano. Também se destaca o aumento no número de aplicações comerciais de monitorização, que muitas vezes são difíceis de diferenciar dos programas maliciosos.

A ciber-espionagem móvel começou a ganhar força no ano de 2009 e, desde então, tem tido vários episódios de destaque. O exemplo mais claro de espionagem com o recurso a programas maliciosos móveis é o incidente do módulo de espionagem FinSpy. Este módulo foi desenvolvido pela companhia britânica Gamma International, dedicada à criação de software de monitorização para organizações estatais. De facto, este programa tem funcionalidades de Spy-Trojan. The Citizen Lab descobriu versões móveis do FinSpy em Agosto de 2012 para as plataformas Android, iOS, Windows Mobile e Symbian. Sem dúvida, existem diferenças entre elas, mas todas podem fazer o rastreamento de praticamente todas as actividades dos utilizadores no dispositivo infectado, seguir o seu paradeiro, fazer chamadas em segredo e enviar informação para servidores remotos.

Segundo Vicente Díaz, analista sénior de malware da Kaspersky Lab, “a instalação de um software espião é mais fácil do que parece, basta ter acesso ao dispositivo móvel durante alguns minutos. E isto até pode ser feito de forma remota, conseguindo que a vítima clique num link que lhe chegou via SMS ou correio electrónico. Uma vez instalado o malware de forma furtiva no dispositivo, pode-se aceder ao email ou utilizar esse telefone como microfone”.

Muitas vezes os utilizadores perguntam se ter o telefone desligado é suficiente para evitar que o Trojan actue ou se é necessário tirar a bateria do dispositivo. Na realidade, ter o telefone desligado não chega: o Trojan pode utilizar bários truques engenhosos para passar despercebido, como por exemplo simular o desligar do telemóvel, com o fundo negro do ecrã e o tom de despedida, quando na realidade o dispositivo permanece activo e com o gravador ligado, sem que o utilizador se aperceba disso.

Contar com uma solução de segurança, actualizada, para proteger os smartphones e encriptar os dados é uma necessidade premente hoje em dia. Mais ainda se tivermos em conta que a quantidade de dados sensíveis que mantemos dentro do telemóvel é, hoje, similar à que existe nos PCs e que este dispositivo está exposto a outros riscos de forma mais intensa, como a perda ou o roubo devido às suas reduzidas dimensões.

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias2 dias atrás

InnoWave distinguida como Parceiro do Ano Microsoft nas áreas de Data e AI

A InnoWave foi distinguida como Parceiro do Ano nas áreas de Data e AI pela Microsoft, no evento internacional Inspire...

Notícias2 dias atrás

5 vantagens da Faturação Eletrónica para as Empresas

Embora o Decreto-Lei n.º 111-B/2017 só obrigue a faturação eletrónica a partir de janeiro de 2019, no âmbito dos contratos...

Notícias2 dias atrás

Fordesi moderniza gestão de terminais multimodais da Infraestruturas de Portugal

A Fordesi implementou a sua solução IP4Log na Infraestruturas de Portugal, o que permitiu modernizar a gestão de terminais multimodais...

Notícias3 dias atrás

Bizdirect é o parceiro do ano da Microsoft Portugal em CRM

Decorre esta semana mais uma edição do Inspire, o evento anual da Microsoft Corporation dedicado ao ecossistema mundial de parceiros...

Notícias3 dias atrás

Tecnologia de reconhecimento da íris da NEC no 1º lugar nos testes do NIST

A NEC Corporation anunciou que a sua tecnologia de reconhecimento de íris alcançou a mais alta avaliação de precisão de...

Notícias3 dias atrás

QNAP completa gama NAS de 9 baías com NAS multimédia TVS-951X

Após o lançamento da série TS-932X (equipada com um CPU da AnnapurnaLabs) e da série TS-963X (equipada com um CPU da AMD), a QNAP...

Notícias4 dias atrás

Sage partilha cinco dicas para acelerar o crescimento do negócio

Existe atualmente nas empresas a necessidade constante de continuarem a reposicionar-se e a reformular as suas estratégias na procura pelo...

Notícias4 dias atrás

CGI Open Finance permite impulsionar e alargar o novo ecossistema bancário

A CGI anuncia o lançamento da CGI Open Finance, uma solução criada para a nova vaga de serviços bancários digitais...