Check Point lança sua nova arquitectura de segurança Software-Defined Protection (SDP)

7480
0
Share:

A Check Point Software Technologies anunciou a sua nova arquitectura de segurança denominada Software-Defined Protection (SDP), que é capaz de proporcionar às organizações protecção contra o actual panorama evolutivo das ameaças TI. O SDP oferece uma segurança moderna e adaptada aos dias de hoje, mas que pode proteger eficazmente das ameaças futuras, através de um conceito modular, ágil e, sobretudo, seguro.

O SDP é uma arquitectura de segurança composta por três capas : a de aplicação, a de gestão e a de controlo. Esta abordagem separa a capa de controlo da capa de aplicação, o que resulta em pontos de aplicação robustos e altamente fiáveis, que permitem actualizações de protecção em tempo real desde a capa de controlo. O SDP converte a inteligência acerca das ameaças numa protecção imediata que é administrada por uma estrutura aberta e modular.

“O actual panorama das ameaças tornou-se muito mais sofisticado e, paralelamente, os cenários TI das organizações também cresceram em complexidade. As empresas procuram ajuda para perceber como se podem tornar mais seguras, mas de uma forma acessível e fácil de usar. O SDP é a arquitectura de hoje para as ameaças de amanhã: é simples, flexível e pode tornar de uma forma robusta a inteligência acerca das ameaças numa protecção em tempo real”, sublinha Amnon Bar-Lev, presidente da Check Point.

“O SDP é um modelo muito robusto de arquitectura de segurança que actua com muito sentido prático”, sublinha por seu turno Dan Meyer, vice-presidente de tecnologia da Carmel Partners. “Os ataques de segurança mudaram radicalmente nos últimos anos e o SDP representa um passo à frente e muito inteligente na protecção das empresas de todos os tamanhos, a partir de uma abordagem prática, modular e segura”.

“Ao oferecer uma arquitectura de segurança que opera em função das necessidades e ameaças, o modelo de arquitectura SDP da Check Point pode conseguir proporcionar um melhor redesenho da rede de segurança da empresa com o objectivo de adaptá-la tanto aos cenários TI abertos de hoje em dia, como ao dinâmico panorama das ameaças”, afirma Charles Kolodgy, vice-presidente de investigação da equipa de Produtos de Segurança da IDC.

Amnon Bar-Lev, presidente da Check Point, conclui ainda : “Existem muitos pontos nos produtos de segurança que são reactivos e de natureza táctica em vez de terem uma orientação do ponto de vista da arquitectura da solução. Desenvolvemos o SDP em resposta a esta lacuna existente para oferecer às organizações uma infra-estrutura de segurança ágil e segura”.


Share:

Deixe o seu comentário