26190 0

Check Point lança novo módulo SGM 260 para redes de alto rendimento

A Check Point anunciou o lançamento do seu novo módulo Security Gateway Module (SGM) 260, concebido para a sua appliance de segurança 61000, o sistema de segurança mais rápido da indústria e que oferece os mais elevados standards de qualidade e escalabilidade para centros de dados, fornecedores de telecomunicações e serviços na nuvem mais exigentes.
O SGM 260 eleva o desempenho do sistema 61000 a um novo nível, duplicando o rendimento agregado tanto do firewall como do IPS, até aos 400 e 130 Gbps, respectivamente. Além disso, o novo módulo duplica a potência de segurança dos 61000 acima das 33.000 unidades SecurityPower (SPU).

“Embora as organizações sejam obrigadas a escolher muitas vezes entre segurança ou velocidade, tanto a proteção como o desempenho são igualmente críticos para proteger os actuais cenários de rede de mais alto rendimento”, sublinha Gabi Reish, vice-presidente de Product Management da Check Point. “O módulo SGM 260 para o nosso sistema de segurança de gama alta 61000 oferece os níveis de potência, escalabilidade e rendimento necessários para proteger o centro de dados do futuro”.

O novo módulo proporciona uma maior densidade de portas para as gateways Check Point, permitindo uma maior segmentação e, portanto, maior rendimento. Isto, por sua vez, proporciona às organizações uma maior flexibilidade para implementar tecnologias avançadas de segurança Check Point, em função das necessidades da rede.

A arquitectura Software Blade da Check Point, por seu lado, facilita a implementação de qualquer combinação de segurança, por capas, incluindo Firewall, VPN, IPS, Filtragem de URL, Controlo de Aplicações, Gestão de identidades, Anti-spam, Antivírus, Anti-Bot, Prevenção de Perda de Dados (DLP), Controlo de Acesso Móvel e Threat Emulation.

Entre as principais características do SGM 260, destacam-se:

  • Desempenho recorde de até 33.000 unidades SPU
  • Até 400 Gbps no firewall e até 130 Gbps em IPS
  • Mais de 200 milhões de ligações concorrentes
  • Conectividade melhorada de centros de dados e nuvens privadas em grande escala, com até 60x10GbE e uma densidade de portas de até 8x40GbE
  • Suave transição nos processos de incremento do desempenho (“zero downtime”) quando se integram os módulos SGM 260 nos chassis 61000.

O módulo SGM 260 já se encontra disponível. Para mais informações sobre o produto, visite a página web http://www.checkpoint.com/campaigns/sgm260/index.html ou o site http://www.checkpoint.com/products/61000-appliances/index.html.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

PT e Startup Lisboa reforçam parceria tecnológica

A Portugal Telecom e a Startup Lisboa fortaleceram a sua parceria tecnológica, através da implementação de diversas soluções a pensar nos projetos empreendedores e nas suas necessidades. Parceiras

Teldat estabelece-se em Portugal para apoiar operadoras de telecomunicações e empresas

O Grupo Teldat, líder europeu no fabrico de equipamentos de telecomunicações corporativas, reforçou a sua aposta no mercado português com a constituição da TELDAT PORTUGAL e abertura de

Arrow Portugal Cria Nova Unidade de Negócio dedicada a Cloud

A Arrow criou uma nova unidade de negócio dedicada à Cloud, cujo objetivo é posicionar a empresa como Cloud Enabler, disponibilizando a oferta de Cloud de todos os

Mais de 12.4 mil milhões de faturas eletrónicas emitidas nos países latinos

Foi publicado pela AMEXIPAC, Asociación Mexicana de Proveedores Autorizados de Certificación, um estudo comparativo da adoção de processos de faturação eletrónica em países da América Latina considerando também

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *