Connect with us

Software

Check Point identifica o malware mais usados em Portugal

Patricia Fonseca

Publicado a

A Check Point acaba de publicar o relatório “Indicador de Ameaças”, onde são analisadas as principais tendências das famílias de malware em Portugal e no resto do mundo, com dados recolhidos em maio de 2016. O maior destaque vai para o crescimento a nível global de 15% no número de famílias de malware, assim como o particular aumento do malware bancário. No caso de Portugal, um dos tipos de malware bancário mais perigosos, o Trojan Tinba, conseguiu subir até à segunda posição entre os de maior prevalência.

A Check Point detetou um total de 2.300 famílias ativas de malware a atacar redes empresariais a nível mundial durante o mês passado. Foi o segundo mês consecutivo em que se observou um aumento no número de famílias, que entre março e abril já tinha registado um crescimento de 50%. Este constante aumento mês a mês revela, segundo os investigadores, um espectro cada vez mais amplo de ameaças e uma necessidade cada vez maior de as empresas protegerem os seus ativos críticos de negócio.

Algumas das principais conclusões do estudo:

Em Portugal, o número um do Top é o malware ZeroAccess, um Trojan que recorre a um toolkit avançado para se esconder. É utilizado em esquemas de roubo de Bitcoins e fraudes em que as vítimas são levadas a clicar em links maliciosos. Foi descoberto pela primeira vez em 2011 e estima-se que já infetou mais de 9 milhões de sistemas.

Embora o malware Conficker continue a ser o mais prevalente em todo o mundo, em Portugal o Trojan bancário Tinba propagou-se durante o mês de maio com uma força invulgar, chegando à segunda posição. A nível mundial ocupa precisamente esta posição como o de maior prevalência durante o último mês. Este Trojan bancário permite aos hackers roubar credenciais (utilizando métodos de injeção), que se ativam quando os utilizadores tentam aceder ao sistema para realizar as suas operações bancárias.

Os ataques contra dispositivos móveis mantiveram-se constantes e o malware Android HummingBad ocupou a nível global a décima posição entre os de maior prevalência em todas as plataformas. Em Portugal concretamente, ocupa o nono lugar, o que mostra que, apesar de ter sido descoberto pela Check Point em fevereiro, tornou-se rapidamente num malware de uso geral. O nível de atividade do Android HummingBad revela também, segundo os investigadores, que os cibercriminosos continuam a ver os dispositivos móveis Android como um dos pontos fracos da segurança das empresas e, como tal, um dos alvos com maior potencial de êxito.

“Continuamos a testemunhar um aumento significativo no número de famílias de malware ativas e dirigidas contra redes empresariais. Isto indica que os cibercriminosos estão a fazer um esforço extra para criar novos ataques (conhecidos como ataques de dia zero), que obrigam as empresas a manter-se em dia no que toca à segurança”, sublinha Rui Duro, Sales Manager da Check Point para Portugal.

“Em Portugal, vemos que se reproduzem as tendências mundiais, ou seja, que o malware dirigido a dispositivos móveis está a ter um impacto cada vez maior; por sua vez, observamos que o malware bancário, como é o caso do Trojan Tinba, não pára de crescer, e estamos a ver um preocupante incremento deste último dirigido a clientes bancários de países europeus”, conclui Rui Duro.

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias1 dia atrás

InnoWave distinguida como Parceiro do Ano Microsoft nas áreas de Data e AI

A InnoWave foi distinguida como Parceiro do Ano nas áreas de Data e AI pela Microsoft, no evento internacional Inspire...

Notícias1 dia atrás

5 vantagens da Faturação Eletrónica para as Empresas

Embora o Decreto-Lei n.º 111-B/2017 só obrigue a faturação eletrónica a partir de janeiro de 2019, no âmbito dos contratos...

Notícias2 dias atrás

Fordesi moderniza gestão de terminais multimodais da Infraestruturas de Portugal

A Fordesi implementou a sua solução IP4Log na Infraestruturas de Portugal, o que permitiu modernizar a gestão de terminais multimodais...

Notícias2 dias atrás

Bizdirect é o parceiro do ano da Microsoft Portugal em CRM

Decorre esta semana mais uma edição do Inspire, o evento anual da Microsoft Corporation dedicado ao ecossistema mundial de parceiros...

Notícias3 dias atrás

Tecnologia de reconhecimento da íris da NEC no 1º lugar nos testes do NIST

A NEC Corporation anunciou que a sua tecnologia de reconhecimento de íris alcançou a mais alta avaliação de precisão de...

Notícias3 dias atrás

QNAP completa gama NAS de 9 baías com NAS multimédia TVS-951X

Após o lançamento da série TS-932X (equipada com um CPU da AnnapurnaLabs) e da série TS-963X (equipada com um CPU da AMD), a QNAP...

Notícias3 dias atrás

Sage partilha cinco dicas para acelerar o crescimento do negócio

Existe atualmente nas empresas a necessidade constante de continuarem a reposicionar-se e a reformular as suas estratégias na procura pelo...

Notícias4 dias atrás

CGI Open Finance permite impulsionar e alargar o novo ecossistema bancário

A CGI anuncia o lançamento da CGI Open Finance, uma solução criada para a nova vaga de serviços bancários digitais...