Check Point cresce 6% no terceiro trimestre de 2016

16720
0
Share:

A Check Point anuncia os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2016, que terminou no passado dia 30 de setembro.

Resumo dos principais resultados financeiros do terceiro trimestre de 2016:

  • Receitas totais: 428 milhões de dólares, o que representa um crescimento homólogo de 6%
  • Lucros das subscrições de Software Blades: 993 milhões de dólares, o que representa um aumento homólogo de 24%
  • Receita de exploração GAAP: 206 milhões dólares, que representam 48% das receitas
  • Receitas de exploração Não-GAAP: 231 milhões dólares, que representam 54% das receitas
  • EPS GAAP: 0,95 de dólares, o que representa um aumento homólogo de 7%
  • EPS não-GAAP: 1,13 de dólares, o que representa um aumento homólogo de 9%
  • Receitas diferidas: 889 milhões de dólares, o que representa um aumento homólogo de 15%

“Os resultados financeiros do terceiro trimestre são muito positivos. As nossas receitas correspondem às nossas expectativas mais ambiciosas, e o lucro por ação superou todas as nossas previsões. Os clientes da Check Point continuam a impulsionar a nossa plataforma e a adotar as nossas soluções de segurança avançada”, explica Gil Shwed, fundador e CEO da Check Point. “As nossas soluções SandBlast e Zero Day Protection são um ponto forte das nossas vendas e permitiram-nos obter um crescimento de três dígitos. A chave está na maior consciencialização das empresas para a temática da prevenção de ameaças “.

Principais resultados financeiros do Q3 de 2016 comparados com o Q3 de 2015:

  • Receitas totais: 428 milhões de dólares vs 404 milhões de dólares
  • Receitas de exploração (GAAP): 206 milhões de dólares vs 205 milhões de dólares
  • Receitas de exploração (Não-GAAP): 231 milhões de dólares vs 228 milhões de dólares
  • Lucro líquido e lucro por ação GAAP: lucros líquidos GAAP de 170 milhões de dólares em comparação com os 168 milhões de dólares do terceiro trimestre de 2015. Os lucros por ação GAAP foram de 0,99 dólares contra os 0,92 dólares do mesmo período do ano anterior.
  • Lucro líquido não-GAAP: lucros líquidos não-GAAP de 194 milhões de dólares vs 188 milhões de dólares.
  • Lucro por ação não-GAAP: 1,13 dólares vs. 1,04 dólares
  • Receitas diferidas: a 30 de setembro de 2016, as receitas diferidas foram de 889 milhões de dólares, em comparação com os 772 milhões de 30 de setembro de 2015.
  • Fluxo de tesouraria: o fluxo de caixa proveniente de operações foi de 214 milhões de dólares em comparação com os 228 milhões do terceiro trimestre de 2015.
  • Programa de recompra: durante o terceiro trimestre de 2016, a empresa recomprou 3,2 milhões de ações a um custo total de 247 milhões de dólares.
  • Saldo de caixa, valores negociáveis e depósitos a curto prazo: 3.708 milhões de dólares a 30 de setembro de 2016, em comparação com 3.612 milhões a 30 de setembro de 2015.

Dados destacados de negócio

Check Point lidera a segurança em ambientes Cloud TI – a prevenção de ameaças avançadas da Check Point integra-se com as tecnologias na nuvem ou SDN da VMware NSX, Cisco ACI, OpenStack, Microsoft Azure e Amazon Web Services (AWS). A solução Cloud vSEC com R80 Management da Check Point dá às empresas a possibilidade de protegerem tanto as suas redes físicas como os seus ambientes cloud a partir de uma mesma consola de administração.

SandBlast Agent para browsers – o novo membro da família SandBlast protege os utilizadores das ameaças avançadas nos seus browsers. Proporciona proteção em tempo-real com menos requisitos e garantindo a proteção contra os ataques avançados dos dias de hoje.

 


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário