17654 0

Check Point apresenta primeiros resultados fiscais de 2013

A Check Point Software Technologies Ltd. anunciou os seus resultados financeiros correspondentes ao primeiro trimestre de 2013, concluído no passado dia 31 de Março.

  • Facturação: 322,7 milhões de dólares, o que representa um crescimento interanual de 3%
  • Receitas de exploração (Não-GAAP): 189,1 milhões de dólares, 59% das receitas
  • Lucro por acção (Não-GAAP): 0,79 dólares, com um crescimento interanual de 7%.
  • Fluxo de tesouraria: 331,4 milhões de dólares, o que representa um crescimento interanual de 20%.

“No primeiro trimestre do ano, avançámos significativamente na prevenção de ataques com a introdução da nova solução Threat Emulation Software Blade, que previne as infecções por vulnerabilidades desconhecidas, bem como ataques de dia zero ou dirigidos. Também obtivemos o reconhecimento pela nossa liderança em segurança por parte da Gartner, IDC e NSS Labs. Este reconhecimento vem validar o posicionamento dos nossos produtos e a nossa dedicação em proporcionar a melhor segurança aos nossos clientes“, sublinhou Gil Shwed, CEO e fundador de Check Point Software Technologies.

Principais metas financeiras do primeiro trimestre de 2013:

  • Facturação total: 322,7 milhões de dólares contra os 313,1 milhões do primeiro trimestre de 2012.
  • Receitas de exploração (GAAP): 177 milhões de dólares, contra 172,9 milhões do primeiro trimestre de 2012. A margem operativa GAAP foi de 55%, igual à do primeiro trimestre de 2012.
  • Receitas de exploração (Não-GAAP) 189,1 milhões de dólares em comparação com os 186,7 milhões do primeiro trimestre de 2012. A margem operativa Não-GAAP foi de 59%, comparada com 60% do primeiro trimestre de 2012.
  • Receitas líquidas e lucro por acção (GAAP): 148,0 milhões de dólares em comparação com os 143,6 do primeiro trimestre de 2012. Os ganhos por acção foram de 0,73 dólares, contra 0,68 dólares do primeiro trimestre de 2012.
  • Receitas líquidas e lucro por acção (Não-GAAP): 159,3 milhões de dólares em comparação com os 156,9 milhões do primeiro trimestre de 2012. Os lucros por acção foram de 0,79 dólares, contra 0,74 dólares do primeiro trimestre de 2012.
  • Receitas diferidas: Receitas diferidas de 586,4 milhões de dólares a 31 de Março de 2013, face aos 542,2 milhões do primeiro trimestre de 2012.
  • Fluxo de tesouraria: 331,4 milhões de dólares contra os 275,3 milhões do primeiro trimestre de 2012.
  • Programa de Recompra de Acções: Durante o primeiro trimestre de 2013, a companhia recomprou 2,64 milhões de acções por um custo total de 131,6 milhões de dólares
  • Saldos de tesouraria e valores negociais: 3.523,4 milhões de dólares a 31 de Março de 2013, com um aumento de 402,2 milhões de dólares em comparação com os 3.121,2 milhões a 31 de Março de 2012.

Para obter informação a respeito das medidas financeiras não GAAP incluídas neste comunicado, por favor consulte a secção “Uso de Informação Financeira Não-Gaap” e “Conciliação de informação financeira GAAP e não-GAAP”.

Metas empresariais:

A Check Point continuou no passado trimestre a oferecer soluções inovadoras de segurança com a introdução de novos produtos avançados e uma tecnologia que protege tanto empresas como consumidores.

Threat Emulation Software Blade – Uma solução inovadora que previne as infecções dos novos exploits, ameaças desconhecidas e ataques dirigidos. Threat Emulation Software Blade inspecciona documentos suspeitos e emula a forma como se executam num meio virtual, para descobrir o comportamento malicioso e evitar que o malware entre na rede.

Compliance Software Blade – A primeira solução de conformidade integrada da indústria que aproveita uma ampla base de conhecimento sobre os requisitos regulamentares e as melhores práticas de segurança de TI, e que proporciona uma vista em tempo real da conformidade. O Compliance Software Blade assegura que as políticas de segurança estão alinhadas com as normas mundiais e comprova que se mantêm os níveis de segurança adequados – reduzindo os tempos de auditoria, melhorando a segurança e reduzindo os custos para as empresas.

Novo appliance Data Center: modelo 21700 – Proporciona a segurança líder do mercado e o melhor rendimento num chasis compacto de 2U, protegendo as grandes empresas e centros de dados com a premiada arquitectura Software Blade da Check Point. Oferece um rendimento do firewall de 78Gbps e de 25Gbps em tráfego IPS, bem como um rácio de segurança de 2.922 unidades SPU (SecurityPower™). O 21700 é o terceiro modelo da série 21000 e aumenta o rendimento máximo em aproximadamente 50 por cento desde o seu lançamento.

Novos appliances 1100: Segurança de nível corporativo num formato compacto desktop – proporciona uma segurança de classe empresarial num dispositivo desktop compacto, ideal para pequenas sucursais e escritórios remotos. Pela primeira vez, os pequenos escritórios podem beneficiar da arquitectura completa Software Blade por menos de 1000 dólares.

ZoneAlarm Security Products 2013 – Os novos produtos 2013, que são compatíveis com Windows 8, são os primeiros a integrar um Facebook Privacy Scan e as tecnologias Do Not Track. Os produtos ZoneAlarm também oferecem um melhor rendimento e segurança através das suas avançadas capacidades de firewall e antivírus. 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Mobile Banking de Empresas do BES eleito o melhor da Europa pela Global Finance

Na sequência da seleção do serviço BESnetwork do Banco Espírito Santo (BES) como o melhor internet banking de empresas nacional pela revista Global Finance – “Best Corporate/Institucional Internet

Fujitsu SELECT Connect Acelera Crescimento do Negócio do Parceiro de Canal

A Fujitsu lança hoje uma nova plataforma interactiva para os seus SELECT Experts e SELECT Circle Partners chamada ‘Fujitsu SELECT Connect’. Incorporada no software de Gestão de Relação

Schneider Electric colabora com HPE numa solução de Micro Data Centers como resposta às novas necessidades dos ambientes de TI

A Schneider Electric anunciou a sua colaboração com a Hewlett Packard Enterprise num Micro Data Center HPE apresentado recentemente na Gartner Data Center, Infrastructure & Operations Management Conference em

Bosch Portugal regista vendas de 788 milhões de euros

A Bosch registou um total de 788 milhões de euros em vendas, em Portugal, durante o ano de 2013, incluindo vendas internas a outras empresas Bosch. Apesar dos

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *