Capgemini quer pôr portugueses a fazerem uso mais inteligente e competitivo das TI para dinamizar empresas e economia nacional

10472
0
Share:

A Capgemini associa-se à 1ª edição do SCRUMDAY Portugal, que irá ter lugar no dia 1 de Outubro, em Lisboa.

O SCRUMDAY Portugal 2015, que irá trazer ao nosso país os mais reputados oradores e especialistas internacionais em práticas Agile, nomeadamente de SCRUM, de entre os quais se destacam: Corey Glickman (especialista mundial da Capgemini em Design e Inovação), Mário Moreira (consagrado autor, SCRUM Master e VP of Client Engagement and Agile Consultant with Emergn Ltd), Oana Juncu (especialista em desenvolvimento de software e sistema de gestão, fundadora da Comerge e Agile Transformation Facilitator), Peter Stevens (Certified Scrum Trainer na Suíça, Portugal, Itália e Índia e Co-Fundador do Scrum Breakfast Club), Steve Denning (reputado autor de vários best sellers, membro da direcção da SCRUM Alliance, fellow da Lean Software Society, ex-director do Banco Mundial e colaborador regular da Forbes) e Thomas Friend (Tenente Coronel da Força Aérea Norte Americana, Agile Consultant, PMI-ACP, CSP, PSM, CSM, AHT, Flex Coach e Project Manager com uma experiência de mais de 20 anos em vários setores de atividade, nomeadamente, e entre outros: banca, telecomunicações e energia).

O SCRUMDAY Portugal é um evento de entrada livre, mas com obrigatoriedade de registo prévio, composto por conferências, workshops, sessões de teambuilding, espaços de networking, think tanks, e muito mais, para ajudar a implementar o SCRUM nas organizações e como forma de abordar projectos complexos.

A conferência decorrerá no Hotel Tivoli, no Palacete Centro de Conferências e Eventos, em Lisboa. Iniciar-se-á com uma apresentação transmitida por webcast a que se seguirá um conjunto de relevantes apresentações dos mais consagrados especialistas nestas matérias e que irão explicar, detalhadamente, o que são e para que servem as práticas Agile, o Scrum em particular, e a forma como podem impactar os mais variados setores de atividade (Administração Pública, Defesa, Banca, Seguros, Saúde, Tecnologias) contribuindo para acelerar a transformação digital, a entrada ou/e a sustentação das empresas no novo paradigma da Economia Digital, tornando-as mais competitivas e rentáveis.

Este importante evento contará também com um think tank, onde especialistas de todo o mundo irão colaborar e fazer um brainstorming apresentando ideias, planos e soluções para tornarem as tecnologias de informação mais competitivas em Portugal e respeitos caminhos de implementação.

A abertura da conferência será da responsabilidade de Manny Gonzalez, CEO da SCRUM Alliance, ao qual se seguirá um importante conjunto de apresentações subordinadas aos seguintes temas: “How can Portugal be a Technology and Business Leader on IT through Agile practices?”, que terá como keynote Mário Moreira; “How to connect the dots, Why Agile – Lean, are the foundation of Military/Governance methods? Agile in the Government”, que terá como keynote Thomas Friend; “How can Business and Technical Units Collaborate Effectively?” cuja keynote será Oana Juncu; e “Design Thinking 2.0 – Will LEAN Prototyping be the New Way to Design for IOT”, que terá como keynote Corey Glickman, da Capgemini América. Já da parte da tarde a conferência retomará com uma creative afternoon warm-up – “LEGO Serious Play Momentum”, conduzida por Oana Juncu, a que se seguirá um debate subordinado ao tema “How to Improve Portuguese IT Competitiveness?”, moderado por Peter Stevens e no qual participam os oradores da manhã (Mário Moreira, Thomas Friend, Oana Juncu e Corey Glickman) e aos quais se irão reunir o Professor Doutor João Pinto, da FEUP e Lean Management e Hugo Lourenço, Chairman da conferência e profissional em práticas Agile. A conferência terminará com a intervenção de Steve Denning, da Forbes e autor dos livros “Radical Management” e “Storytelling”, que irá partilhar a sua visão sobre “A Learning Consortium for the Creative Economy”. Hugo Lourenço encerrará a conferência, seguindo-se um cocktail com uma sessão de autógrafos de Mário Moreira e a apresentação do SCRUM Breakfast Club Portugal por Peter Stevens.

Ainda no âmbito do SCRUMDAY Portugal, irão ter lugar no dia 2 de Outubro dois eventos paralelos que decorrerão no período da manhã: um evento fechado e exclusivo para as Forças Armadas e Forças de Segurança, que tem como objetivo explicar as potencialidades do Agile neste setor de atividade, e onde teve origem. A apresentação fica a cargo de Hugo Lourenço e Thomas Friend, que irá explicar a forma como o Agile ajudou o FBI no Projeto Sentinela. O segundo evento, que decorrerá também da parte da manhã, e será aberto ao público, é uma sessão/workshop de Teambuilding – Lego Serious Play, conduzida por Oana Juncu.

Para Jorge Martins, CEO da Capgemini Portugal “As práticas Agile continuam a predominar e, de entre as várias frameworks, o SCRUM é a primeira escolha. Está comprovado que ampliam a flexibilidade, a produtividade, a entrega e que conseguem aumentar as receitas das organizações em cerca de 30%. Na Capgemini temos vindo a apostar cada vez mais em práticas ágeis, principalmente pela eficiência e liberdade de ideias que potenciam a criatividade no desenvolvimento de novos produtos, serviços ou/e resultados. Com o SCRUM transformamos o processo de gestão e entrega de um projecto complexo num projecto simples, focando-nos nas necessidades dos nossos clientes, delimitando prazos e custos, e entregando o máximo valor”.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário