Cabo submarino ACE entra em funcionamento e liga África à Europa

15136
0
Share:

Foi inaugurado na Gâmbia, o novo sistema de cabos submarinos ACE (Africa Coast to Europe), resultado de um consórcio formado por 16 operadores internacionais, entre os quais a Portugal Telecom (PT) e a sua participada em São Tomé e Príncipe, Companhia Santomense de Telecomunicações (CST).

Com um investimento de cerca de 700 milhões de dólares este sistema de cabos conta com 17 mil km estendidos entre a Bretanha, França e S. Tomé e Príncipe, estando projetada a sua continuação até à Africa do Sul. Em Portugal, o novo cabo amarra na estação de cabos submarinos da Portugal Telecom em Carcavelos.

A PT é quem vai assegurar as ligações de IP Internacional a vários operadores que integram o consórcio, sendo isto demonstrativo da imagem de qualidade de serviço e da robustez das soluções oferecidas pela PT num mercado fortemente competitivo e num cabo liderado por um grupo de operadores de telecomunicações de grande dimensão.

A conetividade será direta para 16 países da costa ocidental africana e indireta, mediante ligações terrestres com idêntico aumento de capacidade, para outros países como o Mali e o Níger. Para países como a Gâmbia, Guiné Equatorial, Guiné, Libéria, Mauritânia, São Tomé e Príncipe e Serra Leoa, que pela primeira vez terão acesso a um cabo submarino, o ACE marcará a diferença pelas comunicações internacionais mais fiáveis, aumento da qualidade e velocidade das ligações de Internet, maior qualidade nas ligações móveis e redução dos preços.

O ACE tem uma capacidade potencial de 5.12 Tbps suportada pela tecnologia WDM com comprimentos de onda a 40 Gbps e permite o aumento da capacidade à medida do surgimento das necessidades e a adaptação às últimas inovações tecnológicas. O aumento de capacidade de rede irá permitir a redução do preço final de subscrição e responderá à forte procura das redes móvel e de internet destes países dotadas, agora, de maior fiabilidade e flexibilidade.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário