Connect with us

Leak Business

CA Technologies prevê as tendências em Identity e Access Management para 2014

Bruno Fonseca

Publicado a

A CA Technologies anunciou hoje as tendências a nível de Identity e Access Management (IAM) que vão ter impacto nos profissionais de segurança em 2014.

“Acreditamos que as tendências tecnológicas a nível de cloud, mobile e social vão continuar a influenciar significativamente a direção e as necessidades de IAM em 2014, mas também vemos que surgem novas exigências empresariais e tecnologias que estão a provocar uma torção ao IAM e ao caminho que muitas empresas vão ter de percorrer a nível de segurança”, disse Mike Denning, senior vice president and general manager, Security business, CA Technologies.

Identity e Access Management em 2014 – uma previsão do que está para vir:

1. O aparecimento da empresa aberta definida por software: A empresa está a reformular-se numa plataforma com que os programadores podem experimentar e inovar. Cada camada de IT, desde dados, aplicações,infraestrutura, rede, está a tornar-se orientada ao serviço e definida por software através de APIs. O padrão estende-se além do data center, chegando aos parceiros e aos serviços cloud, à medida que as empresas são forçadas a abrir-se. Iniciou-se uma nova vaga de inovação à medida que os programadores, tanto internos como externos das empresas, ganham acesso aos principais blocos de construção que definem uma organização. Isto vai acelerar a experimentação e a inovação à medida que são construídas novas combinações que alavancam a coleção total dos ativos definidos por software. Os departamentos de TI tradicionais vão ter de evoluir para proteger e assegurar os acessos a estes novos ativos enquanto blocos de construção para um desenvolvimento ágil.

2. Elementos de hardware que estão nos dispositivos móveis vão tornar-se uma parte cada vez mais importante do IAM: Os utilizadores vão continuar a adoptar novos dispositivos móveis a curto prazo (12-24 meses), fazendo com que as tecnologias avançadas de segurança de hardware, como ARM TrustZone, estejam disponíveis rde forma generalizada. Os fabricantes de dispositivos vão construir sistemas de segurança, como Samsung Knox, em cima destas tecnologias. Estes sistemas vão ajudar a resolver os desafios que as empresas enfrentam com o BYOD ao oferecer formas seguras para separar os dados empresariais dos pessoais e as aplicações. Além de protegerem os próprios dispositivos, os utilizadores podem usá-los para se identificarem noutros sistemas e para usar funções avançadas, como pagamentos seguros. O telefone vai estabelecer-se finalmente como a forma primária e segura de autenticar os utilizadores e de os identificar.

3. Falta de escalabilidade na validação de identidades vai continuar a prejudicar maiores implementações B2C/G2C: As recentes experiências online de utilizadores como parte do rollout do Obamacare demostraram os desafios logísticos da validação online de identidades de forma escalável e fiável. À medida que cada vez mais utilizadores usam serviços online, a procura por serviços de validação de identidade aumentam significativamente, mas as empresas vão continuar a registar desafios nesta área. Enquanto as fontes de dados para prova de identidade vão continuar a expandir-se, esta contínua procura por provas de identidade em 2014 vai forçar a indústria a colaborar e a trabalhar de forma mais próxima para fornecer soluções de validação de identidade mais escaláveis para cumprir com estas necessidades.

4. O director de marketing vai tornar-se na nova força das iniciativas de abrangência em gestão de identidades: Um marketing bem sucedido depende da compreensão das necessidades dos clientes e em dar-lhes uma experiência cómoda e simples a nível de registo e de inscrição. Permitir o login social e manter uma presença corporativa nas redes sociais oferecem uma oportunidade para captar valiosos dados de clientes, incluindo identidades de utilizadores, padrões de interação social e tendências de navegação e de compra. O diretor de marketing irá pressionar para obter estas capacidades que ajudam as empresas a interagir com os seus clientes, desenvolverem uma relação mais forte com eles e melhorar a lealdade. As infraestruturas de Identity Management que suportam estas iniciativas de marketing vão registar uma maior procura à medida que o IAM ganha reconhecimento como facilitador do negocio.

5. Autenticação baseada em risco expande-se além dos Serviços Financeiros: Se por um lado é forte o desejo das empresas em oferecer opções de tecnologias móveis aos clientes e colaboradores, por outro os mecanismos de segurança que sejam complicados serao encarados com resistência porque os consumidores estão habituados a ter um acesso instantâneo. A necessidade tanto para uma autenticação forte como para uma experiência positiva para o utilizador irá levar a uma adopção massiva de autenticação baseada em risco, na qual os dados contextuais sobre os utilizadores, dispositivos, aplicações, localizações e outros potenciais fatores de risco são reunidos e analisados para determinar um nível de risco para a identidade dos utilizadores. Os Serviços Financeiros têm sido líderes na adopção de autenticação baseada em risco, devido ao grande valor de muitas transações de clientes. Mas esta tecnologia vai começar a ser mais adoptada noutras indústrias à medida que existe uma necessidade de melhorar a segurança sem impactar na comodidade do utilizador.

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias3 dias atrás

InnoWave distinguida como Parceiro do Ano Microsoft nas áreas de Data e AI

A InnoWave foi distinguida como Parceiro do Ano nas áreas de Data e AI pela Microsoft, no evento internacional Inspire...

Notícias3 dias atrás

5 vantagens da Faturação Eletrónica para as Empresas

Embora o Decreto-Lei n.º 111-B/2017 só obrigue a faturação eletrónica a partir de janeiro de 2019, no âmbito dos contratos...

Notícias3 dias atrás

Fordesi moderniza gestão de terminais multimodais da Infraestruturas de Portugal

A Fordesi implementou a sua solução IP4Log na Infraestruturas de Portugal, o que permitiu modernizar a gestão de terminais multimodais...

Notícias4 dias atrás

Bizdirect é o parceiro do ano da Microsoft Portugal em CRM

Decorre esta semana mais uma edição do Inspire, o evento anual da Microsoft Corporation dedicado ao ecossistema mundial de parceiros...

Notícias4 dias atrás

Tecnologia de reconhecimento da íris da NEC no 1º lugar nos testes do NIST

A NEC Corporation anunciou que a sua tecnologia de reconhecimento de íris alcançou a mais alta avaliação de precisão de...

Notícias4 dias atrás

QNAP completa gama NAS de 9 baías com NAS multimédia TVS-951X

Após o lançamento da série TS-932X (equipada com um CPU da AnnapurnaLabs) e da série TS-963X (equipada com um CPU da AMD), a QNAP...

Notícias5 dias atrás

Sage partilha cinco dicas para acelerar o crescimento do negócio

Existe atualmente nas empresas a necessidade constante de continuarem a reposicionar-se e a reformular as suas estratégias na procura pelo...

Notícias5 dias atrás

CGI Open Finance permite impulsionar e alargar o novo ecossistema bancário

A CGI anuncia o lançamento da CGI Open Finance, uma solução criada para a nova vaga de serviços bancários digitais...