Consultora AskBlue duplica faturação com novos projetos e parcerias estratégicas

11000
0
Share:

A AskBlue terminou o ano de 2016 com uma faturação aproximada de 4 milhões de euros. A capacidade de, em conjunto com os seus clientes, desenvolver novos negócios, potenciar a cadeia de valor e otimizar e transformar o desempenho operacional em cada projeto desenvolvido, estão na génese do sucesso e do reconhecimento que a empresa tem tido e que pode ser aferido pela Confiança e fidelização dos Clientes.

No decurso de 2016, a empresa desenvolveu, entre outros, projetos de relevo nas áreas de mobilidade, eficiência operacional, análise de informação e qualidade de software. A empresa conseguiu também crescer o volume de negócios, obtendo novos clientes e consolidando o crescimento da sua oferta comercial. Como resultado, a equipa de consultores, com perfil maioritariamente sénior, cresceu para um total de 120 profissionais. Adicionalmente, 2016 foi também um ano de aposta nas consolidação e estabelecimento de novas parcerias com empresas como a Outsystems, Qlik, Computer Associates e Workfusion.

De acordo com Pedro Nicolau, CEO da AskBlue, “temos vindo a crescer de forma consolidada desde a criação da empresa, sendo que o ano passado representou um marco importante no desenvolvimento da nossa operação, com a entrada de novos parceiros e alargamento da oferta, que nos permitem encarar o próximo ano com segurança e otimismo”.

A aposta da AskBlue nas parcerias enquadra-se na estratégia de crescimento delineada pela empresa, uma vez que estas irão contribuir para criar uma base sólida de entrada em competitivos mercados internacionais, através da exportação de recursos especializados nas tecnologias dos parceiros.

Deste modo, para 2017, a gestão perspetiva uma continuação do crescimento em volume de negócios em todas as ofertas, fruto da forte aceitação que estas têm registado, e que demonstram aos Clientes que a Empresa está empenhada na prestação de um serviço de excelência e qualidade.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário