Arquitectura R77 da Check Point com serviçoThreatCloud Emulation

8976
0
Share:

A Check Point Software Technologies anunciou a disponibilidade da Check Point R77, a última versão da sua premiada arquitectura Software Blade. A R77 traz consigo mais de 50 melhoramentos, entre os quais se inclui o Serviço ThreatCloud Emulation, a tecnologia de maximização do desempenho HyperSpect, o Check Point Compliance Software Blade, uma nova Consola Central de Gestão, uma identificação melhorada da identidade de utilizador via RADIUS e a integração de IF-MAP, bem como melhoramentos no seu sistema operativo unificado Check Point GAiA.

Actualmente, os cibercriminosos operam a um ritmo vertiginoso, tanto no desenvolvimento de novos ataques, como na escolha das suas vítimas, que tentam atingir com código malicioso (malware) personalizado. Os analistas estimam que diariamente são criadas e distribuídas entre 70.000 e 100.000 novas variantes de código malicioso. Estes impressionantes números demonstram a crescente evolução nas ameaças avançadas e desconhecidas que afectam as organizações, ao mesmo tempo que crescem em igual medida as necessidades críticas das empresas em termos de rendimento da rede.

Este cenário actual exige uma combinação de funcionalidades de prevenção das ameaças, uma infra-estrutura de segurança de grande velocidade, bem como capacidades de cumprimento de normas de conformidade automatizadas. A Check Point R77 reúne todas estas funcionalidades de segurança preventiva, monitorização do cumprimento de normas de conformidade e melhoramentos reais do desempenho para as gateways existentes.

“Os nossos clientes devem estar sempre um passo à frente dos possíveis ataques se quiserem proteger as suas redes e a R77 oferece a melhor plataforma e medidas de segurança para o conseguir. O desempenho optimizado, a emulação de ameaças baseada na nuvem e o controlo automatizado do cumprimento normativo permitem que a arquitectura Software Blade ofereça a solução de segurança multinível mais completa que existe hoje em dia”, sublinha Dorit Dor, vice-presidente de produtos da Check Point Software Technologies.

As principais funcionalidades da nova versão R77 incluem:

Serviço ThreatCloud Emulation

Previne infecções de ameaças desconhecidas (ataques de dia zero), novas variantes de código malicioso (malware), ataques dirigidos, bem como ameaças persistentes avançadas (APT, nas suas siglas em inglês). Como parte da solução multinível de prevenção de ameaças, o serviço ThreatCloud Emulation encarrega-se de inspeccionar rapidamente qualquer ficheiro suspeito, emulando o seu funcionamento para descobrir comportamentos de tipo malicioso. Deste modo, bloqueia instantaneamente qualquer novo código malicioso identificado, seja em ficheiros anexos de email, downloads ou em conteúdos Web. Esta informação de ataque é, então, partilhada com a ThreatCloud, a rede de colaboração da Check Point baseada na nuvem, para proceder à protecção automática.

Inicialmente anunciada em Fevereiro deste ano, a Check Point ThreatCloud Emulation é agora disponibilizada como um novo serviço cloud, baseado numa subscrição mensal em função dos ficheiros verificados em termos globais dentro da organização. Esta quota mensal inclui todas as gateways da empresa e é configurada de uma forma flexível, permitindo um aumento progressivo do serviço em função do uso e crescimento da rede. A ThreatCloud Emulation também está disponível através da Private Cloud Emulation Appliance.

Check Point HyperSpect

A R77 é a primeira versão a incluir o motor inteligente de inspecção de conteúdos Check Point HyperSpect, que maximiza a utilização do hardware com uma ampla gama de optimizações e acelerações, incluindo tecnologias de hiper threading. Com o HyperSpect, as empresas experimentam uma melhoria significativa no desempenho, com um aumento real de 50% em todas as plataformas de gama alta.

Com a simples actualização do software para R77, as empresas poderão consolidar de forma segura os seus sistemas, utilizando as protecções multinível da tecnologia Software Blade da Check Point na mesma plataforma e com um rendimento sustentado. O HyperSpect aumenta a capacidade de computação e melhora a inspecção adaptada ao tráfego da Internet mais habitual, como seja o download de conteúdos em streamming e a comunicação http, que consome a maior parte da largura de banda existente.

Check Point Compliance Software Blade

Apresentado em Março de 2013, o Check Point Compliance Software Blade está disponível na nova versão R77. Trata-se da primeira solução para firewall integrado de nova geração de monitorização do cumprimento normativo completamente automatizada, que aproveita um amplo conhecimento das exigências regulatórias e inclui mais de 300 melhores práticas em matéria de segurança.

O Check Point Compliance Software Blade reduz a complexidade no cumprimento dos requisitos externos e políticas de segurança interna, proporcionando notificações instantâneas das mudanças na política de segurança. Através da avaliação contínua da situação de segurança em todos os Software Blades, oferece depois recomendações práticas que melhoram o cumprimento e a segurança.

“A capacidade deste Software Blade no sentido de resolver os problemas de cumprimento relacionado com avaliações ou auditorias representa um importante benefício para a nossa empresa”, destaca William Dippel, responsável de segurança, redes e dados do Desert Research Institute. “Não só nos permite cumprir os regulamentos, como ainda nos torna mais seguros, direccionando-nos para áreas de interesse na matéria das quais antes nem tínhamos consciência”, sublinha.

Outros melhoramentos incluídos:

Uma nova e integrada Consola Central de Gestão (Central Device Management) que permite às empresas gerirem e manterem eficazmente múltiplas gateways de segurança. As novas capacidades de provisionamento na consola de administração SmartDashboard ajudam a eliminar os erros de configuração em meios complexos e reduz o custo operativo da gestão e manutenção de meios de segurança. Estas capacidades não requerem qualquer licença adicional para a sua implementação.

Check Point GAiA: Os melhoramentos incluídos no Sistema Operativo Unificado de Segurança acrescentam actualizações mais rápidas e reduzem em 90% o tempo de inactividade, além de proporcionarem uma experiência de utilizador melhorada para os administradores de segurança, graças à GAiAWebUI.

Identity Awareness Integration: As actualizações incluem uma maior precisão na identificação dos utilizadores em meios não Windows, através da aquisição da identidade do utilizador via RADIUS e da integração de IF-MAP.

Melhoramentos na Experiência de Utilizador de Licenças: A R77 torna o licenciamento num processo transparente, com a renovação automática de licenças e a sincronização de dados entre o Check Point UserCenter e a consola de gestão de segurança.

Preço e disponibilidade

A actualização para a versão R77 é gratuita para os actuais clientes.

O serviço ThreatCloud Emulation baseia-se num sistema de subscrição mensal para as empresas, cujos preços começam nos 460 euros, para um máximo de 10.000 ficheiros inspeccionados por mês.

Tanto a R77 como o serviço ThreatCloud Emulation estarão disponíveis a partir do dia 2 de Setembro de 2013 através da rede de parceiros da Check Point: http://partners.us.checkpoint.com/partnerlocator/


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário