Aplicação Cartrack que evita roubo de combustível soma sucessos

16984
0
Share:

O elevado preço dos combustíveis e o aumento gradual do furto de gasolina e gasóleo, consequência da crise, são duas das razões apontadas para a procura, cada vez mais frequente, da aplicação da Cartrack que previne e deteta o roubo de combustível.

«No contexto atual, em que os preços dos combustíveis disparam e o número de furtos de combustível aumenta, nomeadamente no que toca a frotas e maquinaria pesada, uma aplicação como esta torna-se, sem dúvida, uma mais-valia»., explica João Barros, CEO da Cartrack Portugal. «Se para um particular, o roubo de um depósito faz a diferença, as vantagens são visíveis quando pensamos numa frota. Roubos de combustível numa base regular levam a perdas que ascendem aos milhares de euros mensais no caso das empresas. Em tempos de crise, a poupança deste montante pode significar a manutenção da atividade».

Lançada há seis meses pela Cartrack, esta aplicação permite detetar em tempo real o roubo de combustível. Através de um sensor, que está em contacto permanente com a central, é possível monitorizar os movimentos que ocorrem dentro do depósito de combustível quando o carro está desligado.

Caso a bóia se mexa enquanto a ignição da viatura está off, é disparado um alerta automático na Sala de Controlo Cartrack, espaço onde todos os veículos à responsabilidade da empresa são monitorizados de forma permanente. Disponível 24 horas por dia, a Sala de Controlo Cartrack funciona nos 365 dias do ano.

Recebido o alerta, um dos colaboradores Cartrack passará imediatamente a todos os procedimentos de protocolo: contacto de responsável pela viatura, empresa ou particular, seguido de aviso às autoridades, sempre que se confirme a suspeita de roubo.

«Todos os dias nos deparamos com casos de sucesso e o feedback dos nossos clientes é prova disso. Ou porque detetamos o roubo de combustível, seguimos os procedimentos-tipo e evitamos que o seu autor leve a melhor. Ou pelo efeito dissuasor da própria instalação, seja porque foi anunciada internamente ou pela incerteza sobre se, a par de recuperações recentes, também aquela viatura está protegida.», acrescenta João Barros. «Tivemos recentemente o caso de um cliente que decidiu instalar esta funcionalidade, no seguimento de alguns roubos. Menos de 48 horas após a instalação, já tinha evitado o roubo de 300 litros de combustível. A nossa contratação pagou-se, por muitos e bons meses, nessa mesma noite.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário