121056 0

Análise: SageOne – Software de Faturação Online

A área de faturação é rica em diversas aplicações, quer sejam locais ou baseadas na web e que têm como principal objetivo ajudar os utilizadores na hora de ganhar e gerir dinheiro. Enquanto umas cumprem o prometido, outras tornam-se demasiado complexas e como tal requerem uma enorme curva de aprendizagem, para a qual na maioria das vezes, não existe tempo.

O Sage One que testámos recentemente tem como objetivo ajudar empreendedores e startups a focarem-se naquilo que fazem melhor: – a criação e o desenvolvimento de ideias e negócios ao invés de perderem tempo com questões burocráticas e financeiras.

Eis alguns dos principais pontos de destaque:

  • Certificado pela Autoridade Tributária e em conformidade com a legislação em vigor;
  • Criação rápida de relatórios;
  • Emissão de faturas com retenção na fonte;
  • Criação de base de dados de clientes, fornecedores, produtos e serviços;
  • Suporte grátis.

Começar a utilizar esta aplicação é algo extremamente simples e apenas é necessário introduzirmos alguns dados básicos como nome da empresa, NIF, telefone e pouco mais. Pode também autenticar-se com a sua conta Google ou com o Facebook. No caso de optar por este tipo de login terá posteriormente de aceder à secção Definições do Negócio e preencher as informações solicitadas e que serão essenciais para mais tarde proceder à faturação.

O ecrã inicial é dos mais simples que já vimos e dá-nos um acesso rápido a todas as informações importantes. Nele destacam-se todas as informações cruciais para qualquer negócio, nomeadamente as vendas, os gastos, o lucro e os orçamentos. Para que não perca o controlo de nada, tem ainda um acesso rápido ao Top 5 de faturas pendentes de pagamento e ao Top 5 de Orçamentos em aberto.

Esta aplicação baseada na Cloud encontra-se dividida em seis secções distintas. A primeira diz respeito ao resumo com todos os elementos que acabámos de referir acima.

Na segunda, a secção vendas, tem acesso às faturas de venda, notas de débito, notas de crédito, orçamentos, entre outras. O funcionamento em cada uma das sub-secções é tão intuitivo como o ecrã principal. É fácil adicionar produtos, serviços, criar orçamentos e um aspecto interessante é que não temos de andar a navegar de menu em menu para conseguirmos efetuar a grande maioria das acções.

Em todos os ecrãs existem ligações adicionais para acesso às funções que iremos eventualmente necessitar. Confuso? Nós damos um exemplo. Imagine que está a meio de um orçamento e quer incluir um produto ou um serviço novo que ainda não havia introduzido no sistema. Eventualmente, teria de sair do que está a fazer e ir à opção produtos e serviços para o adicionar e só depois poderia voltar ao orçamento para começar do zero.

No Sage One tudo é simples e pode efetuar todas as acções relevantes a partir da própria janela onde está a efetuar, neste caso, o orçamento. Deste modo, está a aproveitar cada segundo, sem ter de voltar ao zero.

A secção seguinte, Despesas, permite-lhe aceder de uma forma célere às faturas de compra, notas de crédito e outras despesas.

Já na secção Tesouraria não será difícil perceber que é onde tem acesso a diversos elementos como Depósitos à ordem, caixa, cartão de crédito, entre outros.

Para o final fica a secção contactos, onde pode gerir a sua base de clientes e também de fornecedores e também as restantes opções onde pode aceder aos relatórios, efetuar comunicações à autoridade tributária e importar dados.

Ao nível da utilização, tudo funciona de uma forma bastante simples e em dois ou três minutos vai conseguir criar a sua primeira fatura. O Sage One tem ainda a clara vantagem de estar baseado na cloud. Em termos práticos, isto significa que pode trabalhar esteja onde estiver. No caso de ter de se reunir com alguns dos seus colaboradores, fora da empresa, basta um clique para que todos os seus documentos de venda fiquem automaticamente guardados numa pasta do Google Drive e que pode ser partilhada com quem desejar.

O preço é outra das agradáveis surpresas desta solução que pode custar apenas 1 euro por mês para quem necessitar de emitir somente 5 documentos, controlar as despesas e acompanhar clientes e fornecedores. Estas são as características da versão básica.

No caso de necessitar de funcionalidades adicionais como consultar relatórios de IVA, organizar a faturação, consultar relatórios de ganhos e perdas, colaborar com colegas, com o seu contabilista, ou emitir diversos documentos, então terá de optar pela versão standard que custa 5 Euros/mês. Gostámos muito do Sage One e sem dúvida é uma opção a considerar para Startups e pequenas empresas.

Mais informações em http://www.sageone.pt/


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Notícias Relacionadas

PHC apresenta o primeiro software de gestão com loja de aplicações online em Portugal

A PHC Software lançou a primeira loja online de add-ons de gestão em Portugal. Chama-se Drive FX Store e dá liberdade aos parceiros PHC para complementarem a oferta

QNAP Lança Oficialmente a Aplicação Hybrid Backup Sync

A QNAP lançou hoje oficialmente a aplicação Hybrid Backup Sync. Esta app agrega as tarefas de backup, restauro e sincronização, o que permite aos utilizadores gerir múltiplas tarefas de
SaphetySync

Saphety lança atualização mundial do SaphetySync

A Saphety lançou uma nova atualização para o SaphetySync, uma plataforma de gestão e sincronização de dados de produtos e de media assets, permitindo o alinhamento de informação

ANO SOFTWARE apresenta nova área de actividade

  Na passada semana, estivemos com o CEO da AnoSotfware, Manuel Amorim, durante um par de horas em que ficámos a conhecer a empresa, o seu historial e

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *