Altran destaca importância da inovação para o crescimento do país

8448
0
Share:

O presidente e Chief Executive Officer do grupo Altran, Philippe Salle, visitou recentemente Portugal para entregar o prémio internacional Fundação Altran 2012 à equipa de investigadores portugueses da start up IS2you – uma jovem empresa fundada pelo engenheiro informático Luís de Matos – pelo desenvolvimento do protótipo WiGo. Na cerimónia, o CEO destacou o papel e a importância da inovação para o crescimento dos países europeus, nomeadamente, Portugal. O evento aconteceu em Lisboa, a 26 de setembro, e contou com a presença de jovens investigadores, start-ups nacionais, empreendedores e engenheiros, permitido aproximar o mundo académico, os jovens empresários e o mercado de trabalho.

“A qualidade dos engenheiros portugueses é muito boa e este é um aspeto extremamente importante para a Altran, precisamente porque somos uma empresa de engenharia de alta tecnologia, que investe em investigação e em inovação. Acreditamos que o futuro passa por estas duas áreas e queremos ser parte deste processo. Conhecemos o potencial dos investigadores e devemos ajudar os jovens das start-ups e apoiar ideias inovadoras. Na verdade, a inovação está no nosso ADN!”, afirma o CEO Philippe Salle.

O projeto vencedor WiGo consiste num carrinho de compras que acompanha de forma autónoma e segura pessoas com mobilidade reduzida, idosos, grávidas e pais com carrinhos de bebé ou crianças, através de tecnologia avançada que inclui câmera, software de reconhecimento de imagem e sensor. Em abril, o júri internacional escolheu o projeto desenvolvido pela equipa de portugueses entre 108 candidaturas apresentadas por sete países europeus. Dos sete finalistas, um por cada país, a inovação portuguesa ganhou.

A edição deste ano do prémio Fundação Altran está já a decorrer, o tema é ‘Inovação para um mundo mais sustentável’ e as candidaturas devem ser feitas através de formulário disponível on-line e enviadas para o email premioportugal@altran-foundation.org até 31 de outubro. As candidaturas podem ser individuais ou por equipas, de qualquer nacionalidade e de todos os tipos de estruturas operacionais em colaboração com Portugal, como escolas, universidades, empresas privadas, associações e centros de pesquisa públicos ou privados. Informações e documentos necessários disponíveis em http://pt.altran-foundation.org/

 


Share:

Deixe o seu comentário