56842 0

Altitude, APCC e AproCS Criam Prémios Fortius Para Distinguir os Melhores Profissionais

A Altitude, a Associação Portuguesa de Contact Centers e a Associação dos Profissionais de Customer Service, anunciam a criação dos Prémios Fortius Portugal, que irão distinguir anualmente os melhores profissionais de Contact Center em Portugal. As candidaturas para a primeira edição dos Prémios decorrem até 9 de fevereiro.

Os Prémios Fortius Portugal pretendem reconhecer o trabalho e dedicação destes profissionais, fomentando a excelência e a profissionalização destas funções no âmbito de empresas que operem em Portugal. O nome dos prémios tem como referência o lema dos Jogos Olímpicos de Atenas de 1896, “Citius, Altius, Fortius” (mais rápido, mais alto, mais forte).

Os prémios, de caráter anual, são organizados pela Altitude, com a colaboração da APCC (Associação Portuguesa de Contact Centers) e da AproCS (Associação de Profissionais de Customer Service). Contam ainda com o apoio do ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão).

Podem concorrer aos Prémios Fortius Portugal todos os profissionais de Contact Center que operam em Portugal e que pertençam a empresas cuja sede social se encontre em Portugal. As categorias a concurso são:

Melhor Responsável de Contact Center

Melhor Supervisor

Melhor Agente

As candidaturas podem ser entregues entre 12 de janeiro e 9 de fevereiro de 2017, e a cerimónia de entrega de Prémios irá decorrer a 9 de Março de 2017, no Teatro Thalia, Lisboa. O Regulamento e todos os documentos estão disponíveis em www.fortiusportugal.com

“O sector do Contact Center está a assumir um papel cada vez mais importante na construção de carreiras profissionais de sucesso, em que o conhecimento, o profissionalismo e a excelência são indispensáveis para que as empresas desenvolvam o seu negócio e prestem bons serviços aos seus clientes” afirmou Jorge Pires, Secretário-Geral da APCC. “Com efeito, este sector, que em Portugal emprega já 1,1 % da população ativa, representa cada vez mais para os seus profissionais a oportunidade de crescer dentro das empresas e de construir uma carreira profissional de futuro”.

“Os Prémios Fortius fazem parte de uma mudança de paradigma em curso no sector do Contact Center, que é uma opção de carreira para cada vez mais pessoas, deixando progressivamente de ser entendido apenas como opção de trabalho temporário” afirmou Rui Santos, Presidente da APROCS. “Para as empresas serem excelentes no serviço ao cliente é fundamental que o fator humano, os profissionais e as equipas, primam pela excelência, impulsionem a melhoria do negócio e mantenham exigentes padrões de qualidade”.

“Hoje em dia a experiência do cliente é da maior importância para o desenvolvimento das empresas e uma boa experiência tem por trás, necessariamente, o empenho de grandes profissionais”, destaca Raquel Serradilla, Vice-presidente para a Europa do Sul na Altitude. “Temos há muitos anos uma política de apoio à formação, profissionalização e evolução do sector dos centros de contacto nos mercados em que estamos presentes. Em Portugal apoiamos ativamente as associações do sector, bem como o primeiro curso vocacional (na Escola de Comércio), e a primeira pós-graduação (no ISEG) nestas áreas.”

Vontade de ajudar o cliente: o principal valor dos melhores profissionais de Contact Center

Os Prémios Fortius Portugal aproveitam a experiência dos Prémios Fortius que existem em Espanha desde 2008. A experiência espanhola mostra que os finalistas têm um ponto em comum: não se vêm a si mesmos como vendedores de produtos, mas antes como profissionais que ajudam o cliente e como embaixadores da inovação, dando voz aos clientes na empresa e permitindo aos potenciais clientes descobrir opções que os ajudem na sua vida pessoal ou profissional. Acompanham o cliente na sua viagem, que começa quando surge a necessidade e não termina quando se finaliza a compra, prosseguindo pela mão do agente de Contact Center, que continua a ajudar o cliente e a responder às duas dúvidas e inquietudes sobre o produto que adquiriu ou o serviço que contratou.

Refira-se que a Altitude Software, entidade que organiza os prémios, tem 23 anos de atividade no mercado mundial de soluções de software para contact centers, e é um polo de competências no sector das tecnologias de informação, que contribui para o reconhecimento internacional de inovação Made In Portugal na área dos contact centers. É uma das empresas de tecnologias de informação de origem portuguesa com maior presença internacional.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

O papel dos CFO no investimento em soluções digitais

De acordo com o estudo da Accenture The CFO as Architect of Business Value: Delivering Growth and Managing Complexity, os CFOs conseguiram atingir avanços significativos na adaptação aos

Meta4 apresenta solução “Global Saas HR” para multinacionais

A Meta4 vai apresentar no congresso europeu HR Tech Europe 2012, nos dias 25 e 26 de outubro em Amsterdão, a solução Global Saas HR, uma ferramenta que possibilita

Novo estudo da Baxter demonstra o reconhecimento do valor da telemedicina no aumento do acesso aos cuidados de Saúde e na redução das hospitalizações

Um novo estudo feito pela Baxter International e publicado na revista PLOS ONE indica que os sistemas de saúde no Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha valorizam o

PHC oferece mobilidade a pequenos negócios

A fabricante portuguesa de software PHC acaba de lançar o PHC POS FX – uma solução que permite às micro e pequenas empresas dotarem os seus negócios de

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *