67706 0

Altitude aborda os desafios do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados

A Altitude Software promoveu um evento que teve por objetivo a discussão do novo Regulamento de Proteção de Dados, aprovado pelo Parlamento Europeu em abril de 2016 e obrigatório a partir de Maio de 2018. Este Regulamento aplica-se às empresas e organizações que oferecem produtos e serviços aos consumidores Europeus, independentemente de o responsável pelo tratamento (ou o subcontratante) se encontrar ou não localizado na União Europeia.

As consequências que o GDPR (Regulamento Geral de Proteção de Dados) terá na atividade das empresas do setor e os desafios que as organizações terão, necessariamente, que enfrentar, deram o mote para este evento, que teve como oradores João Ferreira Pinto, advogado especialista e Managing Partner ECIJA Law and Technology, e Márcia Machado, Sales Account Manager Altitude Software. Tendo contacto com a presença de mais de uma centena de pessoas, entre parceiros e clientes da Altitude, o evento teve o apoio da Associação Portuguesa de Contact Centers (APCC) e com a Associação de Profissionais de Customer Service (APROcs).

Esta legislação vem introduzir uma mudança de paradigma na forma como todos os intervenientes olham para a proteção de dados pessoais – dos próprios cidadãos às empresas que processam os dados, passando pelos profissionais do direito”, referiu João Ferreira Pinto. “O novo regulamento é aplicado em todos os estados-membros, num total de mais de 500 milhões de cidadãos, e obrigará a um importante esforço de adaptação das instituições e da legislação interna para cumprir as exigências de um texto que é de aplicação direta nos ordenamentos nacionais”.

Márcia Machado, por seu turno, centrou a sua apresentação nos esforços que a Altitude Software tem vindo a desenvolver no sentido de garantir que os dados dos clientes dos contact centers permanecem protegidos e seguros, sublinhando que “a difusão deliberada ou acidental de dados sensíveis nos contact center é um problema com consequências de grande alcance, já que as empresas estão cada vez mais sujeitas a regulamentação que as obriga a tomar medidas técnicas, físicas e organizacionais para garantir a segurança da informação mais sensível”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Konica Minolta discute transformação digital no IDC Directions 2015

A Konica Minolta marcou presença na 18ª edição do IDC Directions, onde discutiu o impacto da transformação digital nos negócios. O evento – um dos maiores dedicado às

Lisboa e Porto recebem Cisco Innovation Day

A Cisco continua a promover a Internet of Everything (IoE) e todas as possibilidades associadas a esta tendência, no mercado português, desta feita através do Cisco Innovation Day.

NEC apresenta as soluções para Cidades Inteligentes

A NEC vai marcar presença na conferência Connected Europe 2017 que começa já amanhã, 11 de Outubro em Lisboa e termina na quinta-feira. No evento que decorre no

Emprego em Contact Centers Cresce 6,5% em Portugal, de acordo com Estudo Europeu

Em 2015, existiam mais de 37.700 centros de contacto, com uma média de 81 postos de trabalho, empregando um total de 3,8 milhões de pessoas em 30 países.

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *