Alcatel-Lucent revela expectativas dos consumidores face aos novos serviços móveis e ao impacto da ‘Internet of Things’

7832
0
Share:

Um estudo abrangente conduzido pela Alcatel-Lucent revela que os consumidores esperam que os seus fornecedores de serviços melhorem continuamente as ofertas de alta definição de voz e de videochamadas sobre as redes LTE e Wi-Fi.

No inquérito, que envolveu 5500 detentores de smartphones nos EUA, Reino Unido, Japão e Brasil, a Alcatel-Lucent identificou de que forma as tecnologias como os wearables, as habitações e viaturas conectadas, e a Internet das Coisas vão mudar a forma como os consumidores usam os serviços e interagem com os seus dispositivos móveis no futuro.

Os fornecedores de serviços estão a assistir a uma erosão das receitas provenientes dos serviços de voz e de mensagens, fruto do ambiente de concorrência agressiva criado pelas empresas que disponibilizam aplicações para smartphones. Para contrariar esta tendência e permitir que os fornecedores de serviços consigam fazer crescer o seu negócio, apostando em ofertas inovadoras e geradoras de receitas, a Alcatel-Lucent, em colaboração com a consultora e analista de mercado Penn Schoen Berland, identificou os novos serviços que os utilizadores de smartphones querem utilizar e a forma como pensam usá-los e pagá-los, no estudo “5,504 Smartphone Consumers Can’t be Wrong – 7 New Mobile Service Opportunities”.

Nos sete relatórios a Alcatel-Lucent vai dar a conhecer a sua investigação sobre as tendências futuras em termos de procura dos serviços de voz, de mensagens, de videochamadas, entre outras opções de comunicação inovadoras para os consumidores e para as “coisas” conectadas, onde se incluem os wearables e as viaturas com ligações de comunicação. O estudo fala ainda das novas estratégias que as empresas podem adotar para melhor interagirem com os clientes utilizadores de smartphones. Partindo de uma série de recomendações, e de uma discriminação dos dados demográficos, os fornecedores de serviços podem usar a informação disponível para diferenciarem as suas ofertas, explorarem novas formas de ajustarem os serviços aos vários segmentos de clientes e, em troca, aumentarem as receitas.

Principais dados do estudo

  • Mais de 30% dos consumidores nos EUA acreditam que a possibilidade de poderem experimentar chamadas de voz de alta definição – VoLTE – vai conduzir a um aumento do número de chamadas e do tempo de duração das mesmas.
  • Cerca de metade dos consumidores inquiridos nos EUA e no Reino Unido, e 80% dos utilizadores no Brasil, esperam realizar mais videochamadas nos próximos cinco anos.
  • Mais de 60% dos consumidores de smartphones nos EUA, no Reino Unido e no Brasil mostram-se interessados em utilizar videochamadas para interagirem com as empresas.
  • Entre 78% e 97% dos inquiridos admitiram efetuar chamadas via Wi-Fi se esta opção fosse disponibilizada pelo seu fornecedor de serviços. Resolver problemas de falta ou de má cobertura em determinadas zonas foi o principal fator apontado nos EUA, no Reino Unido e no Brasil. Poupar minutos no plano de voz contratado foi a primeira opção escolhida pelos inquiridos no Japão.
  •  Mais de 60% dos consumidores de smartphones nos EUA, Reino Unido e Japão mostram-se disponíveis para pagarem serviços de comunicação automatizados. O Brasil exibe, nesta questão, a percentagem mais elevada.

Josh Aroner, vice-presidente da área de IP Platforms, na Alcatel-Lucent, disse: “Os detentores de smartphones de hoje em dia sabem bem o que querem em termos de aplicações e serviços, e este estudo ajuda os fornecedores de serviços a filtrarem o que é realmente importante e a identificarem oportunidades de se diferenciarem dos players over-the-top, reconhecendo ao mesmo tempo os reais benefícios dos diferentes negócios. Queremos aproveitar as competências que temos ao nível das redes IP e dos acessos de ultra banda larga para ajudarmos os nossos clientes a reunirem um conjunto de medidas práticas e a alinharem novas estratégias a partir de informações importantes sobre os consumidores, como estas. Podemos ajudá-los a aproveitar novas oportunidades ao nível dos serviços móveis, com base no nosso extenso portefólio – incluindo o nosso software de comunicação na cloud Rapport, que simplifica a disponibilização de serviço ao mesmo tempo que promove a sua inovação.”


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário