Alcatel-Lucent fecha acordos superiores a mil milhões de euros com a China Mobile e China Telecom

16544
0
Share:

A Alcatel-Lucent estabeleceu um acordo abrangente, ao nível da infraestrutura, com a China Mobile e a China Unicom, dois dos maiores operadores de telecomunicações do mundo, que irá facilitar a transição para redes cloud dinâmicas.

A Alcatel-Lucent irá dar apoio às empresas na oferta de ligações de internet fixa e móvel mais rápidas e acessíveis em todo o país, numa altura em que a China procura responder às crescentes necessidades de conectividade das pessoas e das “coisas”.

No seguimento destes acordos – ambos com uma validade de um ano e com um valor aproximado de 4,53 mil milhões de RMB (656 milhões de euros) e de 3,59 mil milhões de RMB (520 milhões de euros) para a China Mobile e para a China Unicom, respetivamente – a Alcatel-Lucent irá fornecer as suas capacidades de acesso de ultra banda larga móvel e fixo, de IP routing, de redes óticas ágeis e de virtualização das funções de rede (Network Functions Virtualization -NFV), bem como as suas tecnologias de SDM (Software Defined Networking) da Nuage Networks.

A implementação destas tecnologias vão também suportar o compromisso assumido pela China Mobile e pela China Unicom perante a iniciativa Broadband China que tem como objetivo garantir uma cobertura total, em termos de acesso de banda larga, das zonas urbanas e rurais até 2020.

O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China definiu que, até 2017, todos os municípios, distritos e lares que se encontram fora das zonas urbanas devem ter disponível um acesso de fibra de até 100 megabits-por-segundo (Mbps). Dentro deste mesmo período de tempo, a China espera ainda que todos os residentes nas maiores cidades do país tenham uma taxa de acesso média de 30 Mbps, que 80% das zonas administrativas tenham cobertura de fibra e que as zonas urbanas e rurais possam usufruir de acesso móvel 4G.

Os acordos assinados em Toulouse, durante a visita do responsável máximo do Conselho de Estado da China, Li Keqiang, definem uma colaboração de longa-data entre a Alcatel-Lucent e estas duas empresas.

Principais destaques:

  • O acordo estabelecido ao nível das infraestruturas com a China Mobile e a China Unicom colocam a Alcatel-Lucent como o principal fornecedor tecnológico na iniciativa Broadband China.

A Alcatel-Lucent irá disponibilizar varias tecnologias que incluem:

  • Acesso móvel de ultra banda larga 4G TD-LTE e LTE FDD
  • Acesso de ultra banda larga fixo com Gigabit Passive Optical Networks (GPON) e Ethernet Passive Optical Networks (EPON)
  • Transferência de dados via rede de transporte ótica e rede de telecomunicações privada (PTN)
  • Tecnologias de IP routing e switching
  • Voz sobre LTE (VoLTE)
  • Tecnologias de cloud NFV
  • SDN da Nuage Networks

A Alcatel-Lucent colaborou diretamente com a China Mobile durante muitos dos desenvolvimentos feitos na área da tecnologia móvel e irá manter esta constante colaboração através do uso de tecnologias NFV que irão suportar os serviços e as aplicações cloud.

A Alcatel-Lucent e a China Mobile demonstraram em conjunto, durante o Mobile World Congress 2015, de que forma as tecnologias NFV da Alcatel-Lucent, incluindo a tecnologia de virtualized Radio Access Network (vRAN) podem ajudar os fornecedores de serviços a endereçarem as crescentes exigências do mercado, dos consumidores e do próprio ambiente, enquanto melhoram em simultâneo a rede e reduzem os custos.

Os acordos estabelecidos entre a Alcatel-Lucent e a China Unicom vêm reforçar a longa relação que já existe entre as duas companhias. Em outubro de 2014, a Alcatel-Lucent anunciou que iria oferecer um inovador 7950 XRS IP Core Router à China Unicom e a outros fornecedores de serviços chineses.

A Alcatel-Lucent irá disponibilizar à China Unicom e à China Mobile tecnologias de acesso de última geração na plataforma de acesso de alta capacidade ISAM, essencial para garantir o cumprimento das ambiciosas metas em termos de banda larga traçadas pelo país.

A Alcatel-Lucent mantém uma forte presença na China há mais de 30 anos através da empresa Alcatel-Lucent Shanghai Bell.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário