Alcatel-Lucent é a primeira empresa a unificar a automação de serviço e o controlo de rede em tempo real para redes óticas e IP dos operadores

6952
0
Share:

A Alcatel-Lucent está a aplicar o dinamismo da cloud às redes IP e óticas dos operadores com a sua nova Network Services Platform (NSP) baseada em SDN. A primeira abordagem totalmente unificada à automação de serviço e ao controlo de rede permite aos operadores a entrega de uma experiência de utilização simplificada e on-demand.

De acordo com a empresa de análise de mercado ACG, a Alcatel-Lucent Network Services Platform avança com uma nova e simplificada definição de serviços, promovendo a criação mais rápida (58%) de ofertas inovadoras e com 56% de menos recursos, comparativamente com o que até agora era necessário. A partir do momento em que fiquem definidos, os novos serviços podem ser aprovisionados de forma imediata em múltiplas camadas, domínios e plataformas de fornecedores de rede. Para além disto, uma pesquisa da Bell Labs mostra também que os operadores passam a conseguir suportar 24% de mais tráfego gerador de receitas, utilizando algoritmos sofisticados que distribuem de uma forma inteligente as novas ligações pela rede.

Para garantirem um negócio de sucesso e assegurarem a entrega rápida de serviços de rede de alta qualidade num ambiente que está atualmente muito orientado para a cloud, os operadores têm que estar preparados para enfrentar muitos desafios. O desenvolvimento e o fornecimento de serviços envolvem processos de ciclos longos, demorados e trabalhosos. A própria engenharia de rede offline dificulta a tarefa dos operadores na preparação das suas redes para endereçarem as necessidades dinâmicas dos seus clientes. Os serviços on-demand necessitam de ser entregues de forma imediata e sempre com base num conhecimento da rede em tempo real.

A Network Services Platform preenche pela primeira vez a lacuna que existe entre a criação dos serviços, o seu fornecimento e a engenharia de rede, permitindo aos operadores definirem de uma forma eficiente em termos de custos, novos serviços e ativá-los em tempo-real. Com recurso a software baseado em SDN, que combina a experiência da Alcatel-Lucent na gestão de serviços e na criação e gestão de routing IP/MPLS de larga escala e de redes óticas, oferece uma abordagem unificada à automação e controlo de uma vasta gama de serviços nas infraestruturas IP/óticas dos operadores. Dá ainda acesso total ao estado da rede em todas as suas camadas e a qualquer momento, permitindo o aprovisionamento de serviços automáticos multi-layer e o uso dos melhores recursos de rede disponíveis e de soluções de otimização da rede em tempo-real.

O aumento de 24% do tráfego gerador de receitas é possível graças à nova e inovadora tecnologia da Bell Labs e ao seu grupo de consultoria, que permite aos fornecedores de serviços gerirem a sua rede de uma forma mais eficiente. Algoritmos de routing adaptados e autoajustáveis usam informação como a interligação e uso de tráfego, o estado e a tipologia de rede, para estabelecerem o caminho de transporte mais eficiente. Por exemplo, os fornecedores de serviços podem selecionar caminhos para evitar o congestionamento da rede ou para disponibilizar de uma forma dinâmica largura de banda que estava “trancada” para permitir a adição de novos serviços ao cliente.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário