1012 0

agap2IT quer investir em novas áreas de negócio e novos mercados

A agap2IT consolidou em 2016 a sua posição no sector da inovação e tecnologia. A estratégia seguida está a potenciar e a diversificar a oferta, com um foco claro nas necessidades e oportunidades apresentadas pelo mercado. Suportada no aumento de competências da equipa e de parcerias implementadas, a agap2IT prevê uma faturação anual a rondar os 12,6 milhões de euros.

Face a um contexto de transformação digital, de célere mudança tecnológica e de solicitação de soluções inovadoras por parte das empresas, a agap2IT posiciona-se para ser líder com uma estratégia que passa pelo investimento em novas áreas de negócio e novos mercados. Dá assim continuidade a um plano ação que permitiu a expansão da consultora para 8 países e a criação de 3 Centros de Competências para mobilizar e difundir o conhecimento na rede agap2IT.

De acordo com Filipe Esteves, Diretor Geral da agap2IT, “esta é uma estratégia que nos vai permitir definir um volume de crescimento de negócio, para 2017, perto dos 13,7 milhões de euros. O caminho passa por implementar os objetivos planeados para o próximo ano e a perspetiva é de acompanharmos a tendência de aumento da despesa em soluções TIC experienciada no mercado, conseguindo ir ao encontro das necessidades dos nossos clientes. O conhecimento e competências acumulados até ao momento e a diversidade e dimensão global da experiência da agap2IT tornam-se elementos seguros para efetivamente alcançar as metas a que nos propomos e potenciar o valor que trazemos às organizações com as quais trabalhamos”.

A transformação digital atual constitui o início de uma curva, cuja liderança exige diversas qualidades – uma liderança com visão que aposte na inovação e é capaz de aceitar e gerir riscos, uma estrutura empresarial que se adapte rapidamente às mudanças e uma força colaborativa audaz, empreendedora e atualizada em tecnologias modernas.

A agap2IT tem como objetivo posicionar-se na frente desta mudança, preparando a sua estrutura para processos de constante inovação, recorrendo a academias de formação focadas em desenvolver provas de conceito em tecnologias emergentes. Estes ciclos rápidos preparam os recém-ingressados para as melhores práticas ao nível de desenvolvimento de software e tecnologias de informação, sendo este conhecimento depois propagado pela estrutura empresarial, tanto ao nível da atualização dos conhecimentos técnicos da sua força colaborativa, como também à abertura de novas áreas de negócio que serão exploradas pela sua força de vendas.

O caminho passa por conferir responsabilidade a profissionais de talento e deixá-los evoluir, possibilitando-lhes naturalmente trazer valor acrescentado à organização e contribuir para o seu crescimento.

Related Post

Visa suporta Android Pay

A Visa anunciou hoje que estabeleceu uma parceria
Ler mais
Exclusive Group

Leave a Comment:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *