Connect with us

Leak Business

9 em cada 10 colaboradores não dispõem dos meios necessários para fazerem um bom trabalho

Bruno Fonseca

Publicado a

A Ricoh revelou mais um estudo de tendências de mercado que aborda os processos de negócio das empresas. Já muito se falou sobre o declínio do atendimento ao cliente, mas este torna-se particularmente grave quando os colaboradores que têm contacto com os clientes os querem agradar mas não conseguem.

Esta parece ser a situação de 9 em cada 10 (98%) colaboradores com contato com os clientes, por exemplo colaboradores bancários, operadores de call center, enfermeiros, gerentes bancários e gerentes de loja. O novo estudo “Thought Leadership Paper” patrocinado pela Ricoh Company LTd. e elaborado pela Forrester Consulting revela que existe um fosso entre as experiências que os colaboradores conseguem proporcionar e as expetativas dos clientes.

“De forma intuitiva compreendemos que experiências de atendimento ao cliente aquém do desejável resultam muitas vezes em fluxos de informação empresarial menos corretos”, afirmou Yoshi Sasaki, Diretor geral, Business Services Center, Business Solutions Group, Ricoh Company, Ltd. “Em muitas situações os colaboradores que trabalham diretamente com os clientes estão simplesmente muito preocupados a tentar encontrar as informações corretas e são prejudicados por sistemas desatualizados que não permitem garantir uma experiência direta e personalizada. É nosso objetivo investigar e avaliar o problema para ajudar as empresas a definir e melhorar as suas estratégias de atendimento aos clientes”.

O estudo revelou que os colaboradores que têm contacto com os clientes, que correspondem a mais de metade do total da força de trabalho, são fundamentais para as empresas que lutam para ultrapassar a recessão. Infelizmente, as falhas existentes no suporte dos processos documentais traduz-se em perda de tempo que poderia ser utilizado a personalizar a experiência do cliente – uma falha que tem um importante custo de oportunidade para o negócio.

Na verdade, cerca de 1 em cada 4 diretores (23%) afirmou que os fracos serviços documentais eram uma das principais limitações para a efetividade dos colaboradores que trabalham diretamente com os clientes nas suas organizações. Mais de 1 em cada 4 diretores (26%) referiu o fraco acesso à informações como a principal limitação.

As empresas que investem em colaboração, sistemas de mensagens instantâneas, soluções móveis e postos de trabalho flexíveis tornam os colaboradores que trabalham diretamente com os clientes mais eficientes e permitem que estes disponham de mais tempo para prestar os necessários serviços personalizados, revelou o estudo. Isto parte do pressuposto que as empresas suportam estes investimentos com os processos documentais e os sistemas subjacentes necessários para maximizar estes tipos de tecnologias.

Mas, de acordo com o estudo, muitos colaboradores gastam, atualmente, demasiado tempo em tarefas rotineiras tais como a introdução de dados e revelam dificuldades numa série de atividades incluindo a rápida localização de dados, criação, edição e elaboração de documentos, processamento de informações, resolução de problemas de exceção e criação de soluções móveis. “Como resultado, estes não estão verdadeiramente envolvidos com os seus clientes”, indica o estudo. “É através do apoio a estes colaboradores com melhores processos e documentos que as empresas conseguem uma posição competitiva melhor e capaz de gerar mais receitas”.

Explicar o fosso

No cerne do problema está a tecnologia desatualizada que é muitas vezes inferior às tecnologias utilizadas pelos clientes no outro lado da interação.

Mais de um terço dos diretores (36%) afirmou que as suas organizações lutam para ter as mais recentes tecnologias e mais de 1 em cada 4 diretores (27%) afirmou que existe um fosso cada vez maior entre o uso que os clientes fazem da tecnologias e a tecnologia de que dispõem os colabores que trabalham em contacto com os clientes. Não surpreende, portanto, que o acesso à informação seja um dos aspetos afetados.

Esta investigação apresentada detalhadamente num estudo intitulado “The New Workplace Reality: Enterprises Must Capture the Soul and Spirit of the Emerging Worker” tem por base um inquérito online elaborado pela Forrester, entre março e maio de 2013, junto de 250 serviços globais de apoio ao cliente e responsáveis por decisões operacionais bem como colaboradores que trabalham em contacto com clientes.

Para fazer download do estudo, visite mds.ricoh.com/thoughtleadership

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias2 horas atrás

Bizdirect é o parceiro do ano da Microsoft Portugal em CRM

Decorre esta semana mais uma edição do Inspire, o evento anual da Microsoft Corporation dedicado ao ecossistema mundial de parceiros...

Notícias8 horas atrás

Tecnologia de reconhecimento da íris da NEC no 1º lugar nos testes do NIST

A NEC Corporation anunciou que a sua tecnologia de reconhecimento de íris alcançou a mais alta avaliação de precisão de...

Notícias8 horas atrás

QNAP completa gama NAS de 9 baías com NAS multimédia TVS-951X

Após o lançamento da série TS-932X (equipada com um CPU da AnnapurnaLabs) e da série TS-963X (equipada com um CPU da AMD), a QNAP...

Notícias1 dia atrás

Sage partilha cinco dicas para acelerar o crescimento do negócio

Existe atualmente nas empresas a necessidade constante de continuarem a reposicionar-se e a reformular as suas estratégias na procura pelo...

Notícias1 dia atrás

CGI Open Finance permite impulsionar e alargar o novo ecossistema bancário

A CGI anuncia o lançamento da CGI Open Finance, uma solução criada para a nova vaga de serviços bancários digitais...

Notícias1 dia atrás

MetLife seleciona LUCEP como vencedora do desafio Collab 3.0 EMEA

A MetLife anuncia a eleição da Lucep como a startup vencedora do seu programa de inovação global COLAB 3.0 EMEA,...

Notícias1 semana atrás

Dell EMC oferece às médias empresas uma proteção de dados simples e poderosa ao menor custo

A Dell EMC anuncia a sua mais recente solução Integrated Data Protection Appliance (IDPA). Trata-se do novo Dell EMC IDPA...

Notícias1 semana atrás

Visa eleita ‘Marca de Confiança’ pelos portugueses

A Visa, foi considerada a “Marca de Confiança” dos portugueses na categoria de “Cartões de Crédito”, gerando o maior grau...