75% das organizações vão implementar aplicações móveis de nível empresarial

10472
0
Share:

A Zenprise revelou que as organizações estão a tomar abordagens proativas e inovadoras no que diz respeito às suas estratégias móveis. As empresas estão a investir em iniciativas de negócio móvel, no desenvolvimento de aplicações móveis e na obtenção de um retorno dos seus investimentos. Estes são os três grandes indicadores resultantes do estudo realizado pela empresa, que entrevistou 501 profissionais de TI acerca das suas iniciativas no mundo móvel.

As organizações não estão só a abordar a mobilidade apenas como uma responsabilidade de segurança; estão também a usá-la estrategicamente para aumentarem as receitas, reduzirem os custos e ganharem uma vantagem competitiva. 74,7 por cento dos entrevistados disseram que têm ou que irão implementar aplicações móveis para apoiar as suas linhas de atividades de negócio durante os próximos 12 meses e 52,2 por cento referiram que vão implementar nas respetivas organizações aplicativos móveis considerados mission critical.

23,4% dos entrevistados referiram que conseguiram gerar retorno sobre o investimento (ROI) nas suas iniciativas móveis. De entre aqueles que relataram um ROI financeiro, cada dólar investido no móvel teve em média um retorno de 1,67 dólares. O benefício principal mais frequentemente citado das iniciativas móveis, com 31,8%, tem a ver com a diferenciação competitiva, ao passo que o aumento da receita mereceu a preferência de 18,9% dos entrevistados.

As empresas estão a preterir as aplicações disponíveis publicamente em favor daquelas que são desenvolvidas especialmente à medida das suas necessidades. 81% das organizações pretendem implementar aplicações personalizadas nos próximos 12 meses, 40,2% afirmam que vão recorrer a um fornecedor terceiro (como um integrador de sistemas) para o desenvolvimento de aplicações em seu nome e 40,7% vão mesmo desenvolver aplicações personalizadas através dos seus meios próprios. Atualmente, 57% organizações implementam aplicações que estão disponíveis para download a partir de lojas de aplicações públicas, mas esse número vai cair para os 44,9% ao longo dos próximos 12 meses.

Apesar da mudança de pensamento acerca de como as iniciativas móveis podem contribuir para aumentar o resultado final, as organizações ainda encaram a segurança como a característica mais importante da uma aplicação – a segurança dos dados (79,8%) e o acesso seguro (79,1%) são os recursos móveis que dão aos entrevistados maior conforto no desenvolvimento de aplicações móveis.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário