5,6 mil milhões de subscrições globais para smartphones até 2019

8800
0
Share:

O mais recente Ericsson Mobility Report prevê que as subscrições móveis deverão chegar aos 9,3 mil milhões até 2019, e mais de 60% destas – 5,6 mil milhões – serão para smartphones. Para suportar a experiência do utilizador, prevê- se que as redes WCDMA/HSPA venham a cobrir 90% da população mundial em 2019. Além disso, quase dois terços (65%) da população mundial vão dispor de cobertura de redes 4G/LTE.

Actualmente, os smartphones representam 25 a 30% de todas as subscrições móveis, no entanto estes representam a maioria (55%) dos telemóveis vendidos no terceiro trimestre.

De acordo com Douglas Gilstrap, Senior Vice President e Head of Strategy da Ericsson, “O ritmo acelerado da penetração dos smartphones tem sido fenomenal e tudo indica que vai manter-se. Demorou mais de cinco anos a atingir-se os primeiros mil milhões de subscrições para smartphones, mas vai demorar menos de dois anos para chegar à marca dos dois mil milhões1. Até 2019, as subscrições para smartphones vão triplicar.

“Curiosamente, esta tendência vai ser potenciada pela adesão na China e noutros mercados emergentes, à medida que são disponibilizados modelos de smartphones a preços reduzidos”.

O tráfego em smartphones vai aumentar dez vezes entre 2013 e 2019, chegando aos 10 exabytes. O vídeo está a crescer 55% por ano, e vai representar mais de 50% do tráfego de dados móveis, enquanto as redes sociais e os serviços web vão representar cerca de 10% cada, em 2019.

Esta edição do Ericsson Mobility Report inclui uma análise aprofundada da cobertura de aplicações2 – uma nova abordagem para avaliar o desempenho da rede e a experiência do utilizador – com um foco específico em ambientes indoor e de cidade. Os sinais rádio reduzem rapidamente ao atravessarem edifícios e a elevada concentração de utilizadores, o material dos edifícios e a altura colocam desafios adicionais. Ter uma boa cobertura móvel é um aspecto importante da vida para muitas pessoas; actualmente é listado entre o top 5 de factores de satisfação relativamente à vida na cidade. Uma vez que a maioria do tráfego móvel tem origem em cidades, a Ericsson compara três estratégias diferentes para disponibilizar cobertura indoor usando software de simulação para prever a extensão da cobertura de aplicações em edifícios muito altos.

Como complemento ao Mobility Report, a Ericsson criou a Traffic Exploration Tool, para gerar gráficos e tabelas personalizados a partir de dados do relatório. A informação pode ser filtrada por região, subscrição, tecnologia, tráfego e tipo de dispositivo.


Share:

Deixe o seu comentário