Schneider Electric lança EcoStruxure Grid

35728
0
Share:

A Schneider Electric apresenta o EcoStruxure Grid. Baseado na arquitetura de sistemas e plataforma aberta e interoperável para a Internet of Things (IoT) – Ecostruxure -, e adaptado para o mercado das redes de distribuição, o EcoStruxure Grid permite às utilities aproveitar ao máximo as novas oportunidades criadas pela digitalização.

O EcoStruxure Grid foi concebido para fornecer uma arquitetura  integrada que possibilita às utilities responder à crescente complexidade das operações de rede e otimizar a gestão de ativos. A IoT irá melhorar as operações das utilities ao possibilitar a implementação da mobilidade, da deteção, da cloud, das ferramentas analíticas  e das capacidades de cibersegurança, permitindo-lhes gerir os dados recolhidos, agregados, filtrados  e enriquecidos para criar valor.

Inovação a Todos os Níveis

A estrutura de gestão de dados aberta EcoStruxure facilita a convergência das Tecnologias de Informação (TI) e das Tecnologias Operacionais (TO). Fundamentalmente, a sua interoperabilidade significa que os operadores de rede não estão limitados a depender exclusivamente de um fornecedor ou dos seus sistemas antigos e podem aceder aos benefícios totais do amplo ecossistema das redes inteligentes.

O EcoStruxure Grid é baseado em protocolos abertos e modelos de dados abertos que permitem o design de sistemas de ponta, abertos, interoperáveis e conectados. É habilitado pela linha de tecnologia líder da indústria da Schneider Electric, que integra desde produtos conectados ao controlo de ponta, a aplicações, ferramentas analíticas, e serviços, reforçados por funcionalidades completas de cibersegurança.

O EcoStruxure Grid fornece um vasto portfolio de soluções que vão desde os equipamentos conectados até soluções de controlo reconhecidas pelo setor, para permitir que uma ampla variedade de utilities de qualquer escala possam beneficiar e melhorar o seu desempenho operacional, enquanto se aventuram em novas oportunidades de negócio.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário