Zarph triplica volume de negócios em 2015

9680
0
Share:

A Zarph encerrou o ano de 2015 com um volume de negócios de meio milhão de euros, refletindo um crescimento superior a 200% – um valor três vezes superior face ao último ano.

As receitas alcançadas no último ano devem-se ao aumento de projetos implementados em clientes atuais e ao alargamento da base de clientes internacionais.

O ano de 2015 fica marcado pela internacionalização da empresa para novos mercados através de uma operação com o banco alemão ProCredit, que permitiu colocar as soluções de gestão de tesouraria da Zarph nas filiais do banco na Bulgária e na Grécia. Além destes dois países, a tecnológica está também presente em Angola, por via de uma parceria com a Petrotec.

De acordo com Pedro Mourato Gordo, CEO da Zarph, “2015 foi um ano de mudança de ciclo na vida da empresa, mas que seguiu uma linha de crescimento contínuo e que terminou com resultados bastante positivos. A parceria que estabelecemos com o ProCredit Bank permitiu-nos projetar as nossas soluções noutros mercados e ganhar dimensão internacional, pelo que este continuará a ser o grande desafio para este ano.”

A área de gestão de tesouraria foi aquela que mais cresceu, num ano em que a empresa investiu igualmente na área de sistema de pagamentos, com a entrada num novo segmento de negócio – o MB WAY. Para esta solução inovadora, a Zarph tornou-se parceiro tecnológico certificado pela SIBS, disponibilizando uma oferta capaz de garantir uma cobertura de mercado a rondar os 90%.

O investimento em Investigação & Desenvolvimento foi outra das apostas, tendo a empresa canalizado para esta área 19% do orçamento. “A Zarph opera numa área que necessita de inovação constante em termos de equipamentos e plataformas online. A inovação é, por isso, fundamental não só nos equipamentos para depósitos, mas também na plataforma web para gestão de numerário, fator que nos permite diferenciar no mercado”, explica Pedro Mourato Gordo.

Para 2016, a Zarph pretende intensificar a prospeção de novos negócios nos setores da Saúde, Banca, Transportes, Distribuição, Gestão de Parques, Serviços Municipais e Restauração, bem como manter a aposta numa estratégia de internacionalização sustentada na parceria com o ProCredit Bank.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário