24250 0

Indra implementa a sua tecnologia de controlo de acessos e bilhética nos comboios de Buenos Aires por 35 Milhões de Euros

A operadora de comboios estatal da Argentina adjudicou à Indra um contrato no valor de 35 milhões de euros para implementar a sua tecnologia de controlo de acessos e bilhética na rede ferroviária da Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA), uma das maiores do mundo, com mais de 200 estações e 320 milhões de utilizadores por ano. O contrato inclui serviços de manutenção durante dois anos.

A Indra vai dotar as oito linhas da rede com 1400 equipamentos de controlo de acessos (torniquetes), 170 passagens para o acesso de pessoas com mobilidade reduzida; 200 máquinas automáticas de carregamento de cartões sem contacto SUBE, que permite o acesso a todos os transportes públicos; assim como 150 validadores implementados nos comboios e 230 nas estações, através dos quais se realiza o pagamento das tarifas de viagem. Também fornecerá 160 centros de transação e 300 terminais de inspeção de viagem.

A solução de monitorização e controlo, que integra a informação procedente dos diferentes subsistemas e permite a gestão do serviço, também será desenvolvida e implementada pela Indra. A nova tecnologia agilizará o processo de cobrança e controlo de passageiros e contribuirá para reduzir o risco de fraude no uso da rede ferroviária.

A Indra reforça com este contrato a sua posição enquanto fornecedora de tecnologia inteligente para os transportes de Buenos Aires, onde os passageiros que realizam diariamente mais de 1.4 milhões de viagens nos comboios vão utilizar os sistemas da empresa para aceder à rede e pagar as suas deslocações. A Indra também participou na implementação do projeto para pagamento nos autocarros mediante cartão sem contacto SUBE e na reconversão dos torniquetes ferroviários existentes para este sistema de pagamento.

Tecnologia líder para o transporte

Este ambicioso projeto para a segunda maior cidade da América do Sul consolida ainda a posição da Indra como uma das companhias líderes mundiais em tecnologia inteligente aplicada ao transporte e mobilidade urbana, com projetos em cidades como Londres, Medellín, México D.F., Curitiba, São Paulo, Plovdiv, Wroclaw, Mumbai, Kuala Lumpur, Kuwait ou Manila, entre outras.

A tecnologia de bilhética da Indra está implementada em todo o mundo, em metros em cidades como Lisboa, Madrid, Barcelona, Valência, Santiago do Chile, Calcutá, Lima, Shangai, o comboio suburbano do México D.F., metro ligeiro de Austin ou San Luis, nos Estados Unidos. Recentemente a empresaassinou o maior contrato de bilhética do mjundo para implementar todos os sistemas de bilhetes e controlo de acessos no novo sistema de transportes públicos que se está a criar em Riade, Arábia Saudita, com seis linhas de metro e uma frota de 1000 autocarros.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Grupo Sendys/Alidata cria nova empresa LABSEAL

O Grupo tecnológico Sendys / Alidata acaba de criar a startup LABSEAL, dedicada ao desenvolvimento de soluções e produtos tecnológicos inovadores, especialmente no domínio mobile. O projeto envolve

InnoWave lança aplicação de gamification para premiar envolvimento de colaboradores

A InnoWave Technologies lançou o InnoPoints, uma aplicação disponível para IOS e Android que tem como objetivo desafiar os colaboradores das empresas a melhorar os seus métodos de

Academia Administração e Desenvolvimento de Base de Dados Microsoft

Atenta às necessidades do mercado e dos profissionais de TI, a Rumos desenvolveu a Academia Administração e Desenvolvimento de Base de Dados Microsoft. Trata-se de uma formação mais

Comprar nas redes sociais é tendência em Portugal

Quase metade dos portugueses (41%) afirmam que pretendem comprar, cada vez mais, nas redes sociais. 18% assumem fazê-lo atualmente e com regularidade. Uma tendência generalizada em todos os

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *