18721 0

17% dos Computadores Pessoais no Mundo estão Desprotegidos

A falta de proteção nos PCs dos consumidores é um problema global. A McAfee, revelou hoje as conclusões de um estudo global para determinar a percentagem de proprietários de computadores pessoais sem qualquer proteção. Num estudo que analisou dados voluntários a uma média de 27-28 milhões de computadores por mês, os analistas da McAfee detetaram que 17% da navegação na internet mundial está completamente desprotegida1. Dos 24 países participantes, os Estados Unidos estão no top 5 dos menos protegidos.

Ao navegar pela internet num computador exposto não só aumenta o risco de roubo de identidade e perda de dados, como também pode contribuir para a disseminação de programas e vírus nocivos. Mesmo quando pensa que o seu computador pessoal tem proteção básica instalada, é importante certificar-se de que o seu software de segurança permanece atualizado. A pesquisa também detetou que muitos dos computadores examinados têm o software de segurança desativado ou expirado. Só nos Estados Unidos 19,32% dos consumidores estão desprotegidos.

Principais conclusões:

  • 83% dos proprietários de PC globalmente trabalham com segurança básica2
  •  17% dos PCs verificados não têm nenhum software antivírus instalado ou está expirado
  •  A Finlândia ficou no top dos mais protegidos, com apenas 9,7% dos PCs desprovidos de qualquer proteção de segurança
  •  Singapura está abaixo da média com 21,75% dos PCs totalmente desprotegidos
  •  Os Estados Unidos são o 5 º país menos protegido, com 19,32% dos americanos a navegar na Internet sem qualquer proteção – 12,25% dos consumidores não têm nenhuma proteção de segurança instalada; 7,07% possuem software de segurança instalado, mas desativado
  •  A Espanha teve a maior percentagem de PCs sem qualquer proteção básica de segurança instalada com 16,33%
  •  Singapura teve a maior percentagem de utilizadores, 11,75%, com proteção de segurança instalada, mas desativada
  •  Globalmente 27% dos consumidores dizem que os seus arquivos digitais seriam totalmente “impossíveis de recuperar” se perdidos, não estão copiados corretamente, e têm um valor médio de 10,014 dólares dos EUA.

“A liberdade de navegar na internet vem com o risco acrescido de exposição indesejada, e os ciber-criminosos estão a aproveitar-se de vítimas inocentes”, afirma Steve Petracca, SVP and GM of consumer, small business and mobile da McAfee. “Com o crescente número de ciber-ataques globais que afetam os consumidores é fundamental que os 17% de consumidores que estão desprotegidos atualizem a sua proteção contra vírus, antes que seja tarde demais.”


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Arete Research Services coloca Palo Alto Networks e FireEye na lista de referências na área da cibersegurança

A Arete Research Services elaborou um relatório detalhado sobre o estado do mercado da cibersegurança a nível global do ponto de vista dos principais fabricantes, dois dos quais

Malware para Windows descoberto na loja da Apple

Apesar de alguns entusiastas da Apple afirmarem que não têm de se preocupar em lidarem com malware e vírus no Mac e nos dispositivos móveis com sistema operativo

Uso do malvertising RoughTed dispara em junho,

A Check Point revela que a campanha de malvertising (publicidade fraudulenta) RoughTed afetou 28% das empresas de todo o mundo em junho, segundo o seu último Índice Mundial de

SophosLabs revela que nenhuma plataforma é imune ao Ransomware

A Sophos apresenta o mais recente SophosLabs 2018 Malware Forecast, um relatório que sumariza a atividade de ransomware e em outras tendências de cibersegurança com base na informação recolhida

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *