27645 0

Zarph fecha negócio com Standard Bank e entra em Moçambique

A Zarph anuncia o acordo com o Standard Bank Group Limited para a implementação de um total de 20 equipamentos de gestão de tesouraria em agências e clientes empresariais do banco, no valor de 225 mil euros.

A solução de depósito de notas – Modelo TD 412 – vai disponibilizar um serviço inovador e mais eficiente aos clientes do Standard Bank, que poderão passar a realizar as suas operações de depósito 24 horas por dia, sete dias por semana, sem necessidade de se dirigirem diretamente aos balcões das agências.

Este equipamento inclui uma plataforma web, integrada no core system do banco, que gere toda a informação em tempo real e envolve todos os intervenientes do processo: Clientes – Banco – Empresa de Transporte de Valores. Além disso, permite uma maior automatização nas tarefas administrativas e de controlo, o que se traduz numa redução global de custos.

De forma a responder eficazmente às necessidades do mercado moçambicano em particular, a Zarph adaptou os equipamentos às condições climatéricas do país e alterou o modo de abertura do cofre para rear-service (abertura pela parte traseira).

Segundo Pedro Mourato Gordo, CEO da Zarph, “o Standard Bank mostrou interesse nas nossas soluções desde o primeiro momento, sendo que a nossa experiência com outro banco em diversos mercados europeus foi determinante para a conclusão do negócio.”

 O mesmo responsável afirma que “nesta primeira fase, vamos equipar dez agências e o banco colocará ainda a nossa solução em dez dos seus clientes empresariais, estando em aberto a possibilidade de instalar este tipo de equipamentos em mais agências e, eventualmente, em mais países onde o banco tem presença.”

O Standard Bank Group Limited é um dos maiores grupos de serviços financeiros da África do Sul. Está sediado em Joanesburgo e atua em 38 países, dos quais 18 são em África.

Depois do contrato estabelecido com o banco alemão ProCredit, o Standard Bank torna-se o segundo banco a adotar as soluções da Zarph, marcando a entrada da startup no seu décimo mercado de exportação.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

SUSE lança SUSE Linux Enterprise Server 12 para SAP

A SUSE acaba de anunciar a disponibilidade do SUSE Linux Enterprise Server para aplicações SAP, baseado no SUSE Linux Enterprise 12, a plataforma para implementar e gerir com

Unisys reforça aposta na área de soluções e serviços de segurança

A segurança dos dados e da informação das organizações é uma preocupação fundamental para os responsáveis de informática de há longa data. Esta preocupação tem assumido um crescente

Nova app da CA Technologies para iPad baseada em SaaS

A CA Technologies anunciou hoje a solução CA Clarity Playbook. Trata-se de uma aplicação móvel inovadora que dá aos CXO a capacidade de gerirem–diretamente a partir dos seus

Empresas europeias de High Tech na vanguarda da impressão 3D

As empresas europeias de alta tecnologia esperam um crescimento significativo nos próximos anos potenciado pela entrada em mercados emergentes. Para além da China (66%), segundo o estudo “UPS

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *