Visa: A Regulação Europeia sobre as taxas de intercâmbio altera o modo de compra e venda através do cartão Visa?


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A última fase de implementação da Regulação Europeia sobre as taxas de intercâmbio (IFR) entrou em vigor no dia 9 de junho de 2016. Tal inclui agora a possibilidade de escolha da rede de pagamentos em cartões de dupla marca. Alguns titulares de cartões Visa e alguns comerciantes pretendem saber de que forma isto altera o processo de compra dos consumidores e de venda dos comerciantes.

O que é que a IFR vem alterar?

As taxas de intercâmbio permitem ao consumidor escolher a marca de pagamento no ponto-de-venda (terminal de pagamento automático), no caso de este possuir um cartão de dupla insígnia (um cartão que disponibiliza, pelo menos, duas marcas de pagamento, i.e. Visa e Multibanco).

O que significa isto para os titulares de cartões Visa?

A Regulação Europeia sobre as taxas de intercâmbio dá aos consumidores, que possuam um cartão de dupla marca, a possibilidade de escolher a rede de pagamento (i.e. Visa ou Multibanco) no terminal de pagamento no ponto de venda. A estes não é solicitada a escolha do tipo de pagamento (débito ou crédito) a efetuar, a qual já é determinada pela conta à qual o seu cartão está associada. Se o cartão estiver associado à conta à ordem do consumidor, trata-se de um cartão de débito. Se um consumidor tiver a opção de pagar diferentes valores todos os meses, então trata-se de um cartão de crédito.

Para os titulares de cartões Visa, isto significa que se estes pagarem com o seu cartão Visa Electron – que é um cartão de débito (ou com qualquer outro Visa de débito), num qualquer estabelecimento e o logótipo da Visa aparecer no ecrã do terminal de pagamento automático, podem continuar a pagar da mesma forma que anteriormente, selecionando “verde-código-verde”. Não existem, portanto, quaisquer custos ou implicações para os titulares.

Os cartões Visa Electron emitidos em Portugal são cartões de débito e funcionam da mesma forma no mercado doméstico e internacional – o dinheiro é sempre debitado diretamente da conta à ordem do consumidor. Para além disso, graças à nova Regulação em vigor, todos os novos cartões Visa emitidos surgem claramente identificados como débito, crédito ou pré-pagos, facilitando aos consumidores a identificação do tipo de cartão que possuem.

O que significa isto para os Comerciantes?

Os comerciantes que aceitem mais do que uma marca de pagamento precisam de saber que os consumidores com cartões de dupla insígnia têm agora a opção de escolher que marca de pagamento pretendem utilizar para efetuar o pagamento.

A Visa torna os pagamentos fáceis, convenientes e seguros

A Visa investe para tornar os pagamentos fáceis, convenientes, fiáveis e seguros, tanto para consumidores como para comerciantes, onde quer que estejam no mundo – no seu país ou no estrangeiro. Estamos constantemente a inovar para tornar os pagamentos ainda melhores, especialmente com os pagamentos Contactless em Portugal que abrem caminho para os pagamentos móveis. É por isso que a Visa é uma marca em que as pessoas podem confiar.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *