SUSE entra na Open Platform for NFV


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A SUSE aderiu ao projeto Open Platform for NFV (OPNFV), uma plataforma open-source integrada, que tem como objetivos acelerar a introdução de novos produtos e serviços através de Virtualização das Funções de Rede (NFV). O acréscimo de funcionalidades NFV melhora a oferta de data-center definido por software da SUSE, incluindo a infraestrutura cloud baseada em OpenStack e o armazenamento definido por software baseado em Ceph.

«A SUSE está a expandir o que tem vindo a fazer de há alguns anos a esta parte na computação crítica de missão, ao nível do cloud OpenStack e de espaços de armazenamento empresariais, levando a tecnologia e os serviços ‘carrier-grade’ aos data-center definidos por software», adiantou Nils Brauckmann, presidente e diretor-geral da SUSE.

«O nosso envolvimento com o projeto OPNFV enquanto membro platina vai ajudar a acelerar a plataforma NFV para parceiros e clientes», acrescentou.

As soluções da SUSE, incluindo o SUSE Enterprise Linux, o SUSE OpenStack e o SUSE Enterprise Storage, vão incorporar funcionalidades NFV, ajudando os parceiros de tecnologias de comunicação a desenvolver e disponibilizar os seus serviços de última geração numa plataforma tecnológica open source robusta.

Além disso, estes esforços vão beneficiar diretamente os clientes empresariais que necessitam de funcionalidades ‘carrier-grade’ nos seus data-centers definidos por software de última geração.

Al Gillen, vice-presidente para Infraestruturas Empresariais da IDC, afirmou a propósito que «o interesse em infraestruturas definidas por software está a crescer rapidamente e os fornecedores líderes de serviços de telecomunicações olham para a virtualização de funções de rede como um elemento crítico de uma estratégia completa de infraestruturas definidas por software».

Para Gillen, dada a profunda experiência da SUSE no desenvolvimento em comunidade, através das suas contribuições para o Linux, KVM, Ceph e outros projetos open source, esperamos que a sua participação na OPNFV provoque um impacto significativo na maturidade do projeto».

A SUSE já está ativamente envolvida em muitos dos projetos mais importantes relacionados com a arquitetura OPNFV:

• O projeto OpenStack Neutron para virtualização de redes em infraestruturas cloud as a service. O OpenStack é a base do SUSE OpenStack Cloud.
• O núcleo Linux via projeto IO Visor para aplicações de networking e de IO moderno.
• O projeto Ceph para armazenamento definido por software. O Ceph é a base para o SUSE Enterprise Storage.

• O projeto KVM para infraestrutura de virtualização Linux. A SUSE foi a primeira distribuição comercial do Linux a incluir KVM.
• O Open vSwitch, que é incluído no SUSE Linux Enterprise
• As certificações IPv6 Ready e USGv6 para SUSE Linux Enterprise.

«O OPNFV canaliza o desenvolvimento de software open source para unificar um vasto leque de players da indústria através de uma plataforma comum para o NFV», defende Heather Kirksey, diretora do OPNFV.

«A ampla experiência da SUSE em open source, software empresarial e engenharia e serviços de qualidade será uma enorme alavanca para o projeto e para o NFV open source», acrescentou.

Para mais informações sobre soluções empresariais da SUSE, visite www.suse.com/solutions.

Author

Bruno Fonseca

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *