Soluções de Gestão de Tesouraria da Zarph conquistam Europa de Leste


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Zarph acaba de garantir a entrada em mais dois mercados da Europa de Leste – Bósnia e Moldávia – através do protocolo de parceria já estabelecido com o ProCredit Bank.

Depois da entrada em mercados como o da Bulgária, Macedónia e Kosovo, a Zarph expande agora a sua operação para a Bósnia e para a Moldávia, onde vai implementar equipamentos de depósito de notas e moedas nas filiais que o banco integra nestes dois países.

Para cada uma das geografias, foi enviado um equipamento de depósito de notas TD 412 e um de depósito de moedas TD 403, num lote que permite ao banco dispor de uma solução customizada, que gere a informação em tempo real e de acordo com o seu processo interno de funcionamento, possibilitando a realização de operações 24 horas por dia, sem que os clientes finais tenham de se deslocar diretamente aos balcões.

Os equipamentos de gestão de tesouraria desenvolvidos pela Zarph promovem ainda a automatização do processo de gestão de numerário, através de uma plataforma web criada para ligar e sintonizar banco, empresa de transporte de valores e organização dos mais diversos setores, o que resulta numa melhoria concreta do desempenho operacional de todo o processo.

Pedro Mourato Gordo, CEO da Zarph, sublinha a importância desta operação para a tecnológica portuguesa. “A criatividade e o saber tecnológico das soluções da Zarph, desenvolvidas de raiz para satisfazer as necessidades dos nossos clientes, permitem dar mais um passo consolidado no desenvolvimento da parceria estabelecida com o ProCredit Bank. O Leste Europeu tem vindo a registar uma crescente procura de soluções de gestão de numerário, tornando-se um mercado estratégico e com enorme potencial para a Zarph.”

Com este novo acordo para as filiais do ProCredit Bank na Bósnia e na Moldávia, a Zarph chega aos oito mercados de exportação, depois de Bulgária, Grécia, Equador, Kosovo e Macedónia e Colômbia.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *