27645 0

Setor bancário escolhe soluções Lexmark

A Lexmark acaba de anunciar a implementação das suas soluções na grande maioria dos principais bancos europeus. Estas soluções estão a ajudar este setor a endereçar os desafios de negócio que surgem no seguimento da rápida transformação do mercado. A Lexmark está a fornecer as suas soluções a 19 dos 20 maiores bancos da Europa (Ranking dos 50 maiores bancos da Europa, de acordo com o total de ativos, do SNL Financial, junho, 2015), com projetos de implementação que variam entre as ofertas de hardware, software e de serviços.

Com uma base de clientes das suas soluções bancárias que inclui 95% dos 20 maiores bancos, a Lexmark possui uma extensa experiência na resolução de problemas críticos que afetam este setor. O setor bancário enfrenta atualmente uma série de grandes desafios, despoletados no seguimento do desenvolvimento da tecnologia online e móvel que está não só a forçar uma transformação nas expectativas dos clientes, como também a promover o crescimento de prestadores de serviços financeiros alternativos.

As soluções Lexmark permitem aos bancos melhorarem a eficiência através da simplificação dos processos, conseguida com a disponibilização de um vasto leque de ofertas, que inclui a digitalização e a aceleração dos processos de front-office e back-office. Este melhoramento em termos de eficiência vai permitir aos bancos servirem melhor os seus clientes, aumentarem o seu nível de satisfação e reforçarem a capacidade de retenção. Isto, enquanto reduzem simultaneamente os custos operacionais pelo facto de consumirem menos tempo com determinadas tarefas, como abertura de contas.

A flexibilidade e o leque variado de soluções da Lexmark permitem aos bancos responderem às crescentes alterações que estão a marcar este setor. A capacidade de endereçar as distintas necessidades dos clientes bancários é reforçada pelo facto de os 19 bancos terem selecionado soluções diferentes que se ajustam às suas necessidades particulares.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

42% dos portugueses considera que os filhos podem ter telemóvel a partir dos 11 anos

No inquérito levado a cabo pelo Observador Cetelem existe um número ainda significativo de portugueses (16%) que é de opinião que uma criança a partir dos 7 anos

Como vencer a nova onda de fraude nos pagamentos

A subsidiária da Atos para pagamentos eletrónicos e serviços transacionais, aconselha os emissores e compradores a prevenir, detectar e reagir de forma proactiva ao crescente risco de fraude.

Director de Planeamento e Engenharia da ZON é personalidade do ano

José Pascoal, Diretor de Planeamento e Engenharia da ZON, acaba de receber o Prémio de Personalidade do Ano, no setor do cabo, nos Cable Europe Awards, entregues hoje,

Extreme Networks amplia porfólio de soluções com novas capacidades de gestão de políticas

A Extreme Networks anuncia o lançamento de um novo equipamento da sua família de switches Summit, o Summit X450-G2, que inclui capacidades de segurança e aplicação de políticas

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *