Seedrs abre escritório em Berlim


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Seedrs anunciou hoje a continuação da sua expansão europeia através da abertura de um escritório em Berlim.
Depois de Lisboa, Londres, Nova Iorque e, mais recentemente, Amsterdão, a Seedrs passará a estar presente na capital alemã, com um escritório que será responsável por criar e fomentar relações entre as startups da região da Alemanha, Aústria e Suíça e o ecosistema de investimentos em estágios iniciais, e por captar novos negócios que possam recorrer ao financiamento na plataforma.

A Seedrs, que acolhe investidores e empreendedores de toda a Europa, conta com um escritório em Lisboa para o desenvolvimento de software e abriu, em julho passado, um escritório em Amsterdão, que além de ter representado o início da expansão da Seedrs permitiu-lhe ter, pela primeira vez, uma equipa comercial fora do território britânico.

Kyrill Zlobenko foi nomeado Diretor Regional deste novo escritório na Alemanha, pela sua experiência como empreendedor e empresário, tendo sido responsável por várias sociedades de capital de risco na Suécia, Alemanha, Canadá, Itália, Aústria, Polóna, Ucrânia e Rússia.

Além do anúncio da nova presença em Berlim, a Seedrs está a reforçar a sua equipa no escritório em Lisboa. Os cargos disponíveis são para Financial Controller e Design Director, ambos em regime full-time.

“Estamos muito contentes com o lançamento do escritório em Berlim, que surge depois de termos entrado na região do Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo), através do escritório em Amsterdão”, afirma Carlos Silva. Para o co-fundador e presidente da Seedrs, “a presença na Alemanha é um passo importante, por nos permitir trabalhar nos três países e ajudar a atingir o objetivo de tornar a Seedrs num player mundial de financiamento de startups e de crescimento de empresas em toda a Europa”.

A Seedrs é hoje a maior plataforma de equity crowdfunding europeia, que junta empresas e investidores, abrindo assim a possibilidade a qualquer pessoa de investir em ações de novas empresas, PME’s e startups.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *