Seamless avança para aquisição da MeaWallet

17864
0
Share:

Com o objectivo de alargar a sua aposta em tecnologias mais recentes, nomeadamente o NFC que será o standard dos pagamentos processados via SEQR, o grupo Seamless, apostou na aquisição da MeaWallet. Uma tecnológica norueguesa especialista em pagamentos baseados em Cloud e tokenization.

“A nossa solução SEQR já utiliza tecnologia MeaWallet para facilitar os pagamentos via contactless pelo que já conhecemos a empresa. As suas soluções, incluindo a Host Card Emulation (HCE), são tecnologicamente avançadas e é crucial para os pagamentos móveis que actualmente controlamos”, afirma Peter Fradell, CEO da Seamless.

Através deste acordo a empresa sueca passará a integrar nos seus quadros uma referência no processamento de transações móveis com recurso a tecnologia Cloud. A integração da MeaWallet no grupo Seamless permitirá, em primeiro lugar, constituir-se como uma nova equipa responsável pela investigação de novas soluções de pagamento móvel baseadas em tecnologias Cloud ou NFC dinamizando, portanto, o investimento que a empresa tem vindo a
fazer neste campo.

Adicionalmente, outro aspecto positivo associado a esta aquisição, é que a Seamless passará a ser detentora de um conjunto de patentes que lhe permitirá posicionar-se como uma referência internacional no processamento de transações com base em tecnologias Cloud. A SEQR lançou a funcionalidade de pagamentos contactless na Suécia utilizando a tecnologia NFC, o que torna possível pagar com SEQR em qualquer terminal POS que suporte NFC.

“A aposta no NFC, que passou a estar disponível na Suécia a 01 Julho e irá estar disponível em Portugal durante o Verão, irá manter-se e será o foco central da estratégia da empresa para os próximos anos. Queremos afirmar-nos como uma referência mundial no processamento de transacções via Contactless e essa é a nossa principal expectativa através deste acordo.”, afirma João Pedro Duarte, SEQR Portugal Country Manager.

O acordo hoje anunciado já foi aprovado em reunião de accionistas da tecnológica Norueguesa.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário