Priberam discute modernização da Justiça em workshop europeu


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Priberam vai participar no workshop “Capability Development in Justice Transformation” que se realiza no dia 24 de maio em Bruxelas.

O evento, organizado pela Microsoft, conta ainda com a presença do advisor do gabinete da Sra. Secretária de Estado da Justiça de Portugal, Hugo Sousa, e com o CIO do Ministério da Justiça belga, Ivan Verborgh. Ambos irão falar sobre os processos de modernização do setor da Justiça nos seus países.

Carlos Amaral, CEO da Priberam, irá a Bruxelas explicar como a tecnologia pode contribuir de forma decisiva para a modernização do setor da Justiça. A empresa portuguesa é líder no setor das bases de dados jurídicas há mais de 20 anos com o LegiX, programa que este ano passou a ser totalmente baseado na nuvem.

A Justiça na Europa encontra-se neste momento em plena transformação, de forma a poder enfrentar uma nova série de desafios, desde uma maior e melhor interação e partilha de informação entre os Ministérios Públicos dos diferentes países, até à capacidade de resposta para fazer face ao crime organizado e a novas formas de criminalidade, passando pelas necessidade de análise de dados em larga escala.

Além das suas soluções na área de Legal Research, Carlos Amaral irá falar da experiência da Priberam na aplicação de tecnologias analíticas de texto à OSINT (Open Source Intelligence), área que tem vindo a registar um grande crescimento e que surge na sequência das soluções da empresa para os média.

O workshop pretende juntar vários “líderes de Transformação da Justiça” e facilitar o diálogo entre eles de forma a abordar as transformações do setor e apontar vias de desenvolvimento e diálogo.

O evento realiza-se no próximo dia 24, terça-feira, no Microsoft Executive Briefing Center em Bruxelas.

 

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *