50537 0

Presidente da República inaugura novo Centro de Inovação Tecnológica de Viseu no âmbito das comemorações dos 78 anos da IBM em Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inaugurou hoje o Centro de Inovação Tecnológica de Viseu, um novo centro nearshore do Grupo IBM, gerido pela Softinsa, no âmbito das comemorações dos 78 anos da Companhia em Portugal, celebrados a 4 de novembro. Este Centro é mais um exemplo do investimento contínuo da IBM em investigação, inovação e desenvolvimento no nosso país, e resulta de uma parceria conjunta com a Câmara Municipal e o Instituto Politécnico da cidade.

Durante a sessão, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, congratulou a IBM pelo novo centro, referindo que a IBM esteve sempre ligada a aspetos fundamentais do desenvolvimento português.

“A IBM Portugal tem dado, nos últimos anos, passos ambiciosos no investimento no nosso país nos 3 vértices do crescimento económico: investigação e desenvolvimento, educação e emprego. Exemplo disto é a aposta que temos vindo a fazer em centros de competências nearshore”, sublinhou o Presidente da IBM Portugal, António Raposo de Lima.

“Acabados de completar 78 anos de existência em Portugal, é com um imenso orgulho e satisfação que inauguramos hoje um novo Centro de Inovação Tecnológica da IBM em Portugal. Desta feita, na bela cidade de Viseu, rica pela sua história e cultura, e reconhecida pela superior qualidade de vida que oferece aos seus cidadãos. E, três anos depois de termos inaugurado o Centro Tecnológico de Tomar”, acrescentou.

As forças vivas de Viseu demonstraram, de facto, a liderança, o envolvimento e o compromisso necessário para a criação do novo centro na cidade, demonstrando uma forte ambição em tornar Viseu num polo tecnológico de referência em Portugal e mesmo na Europa.

“Este é um importante investimento para Viseu. O Centro de Inovação Tecnológica da IBM em Viseu abre um ciclo de grande oportunidade para o desenvolvimento da cidade como Smart City e para o reforço do nosso cluster regional de tecnologias. Com este centro, Viseu conquista um selo poderoso no domínio tecnológico e demonstra a sua atratividade no mapa económico”, referiu também o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques.

Para o Presidente do Instituto Politécnico de Viseu, Fernando Sebastião, “o estabelecimento desta nova parceria com o município de Viseu e com a IBM, que viabilizou a instalação do Centro de Inovação Tecnológica, confirma a importância estratégica do Instituto no desenvolvimento da região. Com este projeto, o IPV cumpre, mais uma vez, a sua missão de ligação à sociedade, contribui para o emprego qualificado dos seus diplomados e reforça a sua notoriedade e atratividade enquanto instituição pública de ensino superior.”

Como parte integrante de uma rede de centros de prestação de serviços de tecnologia do Grupo IBM à escala global, o novo centro conta já com cerca de 40 profissionais das áreas de Gestão, Tecnologias de Informação, Engenharia Informática e Eletrotécnica, selecionados para receberem formação no Campus Softinsa, nas instalações do Instituto Politécnico de Viseu.

Na sua plenitude, prevê-se que o novo centro localizado no parque industrial de Coimbrões, Viseu, venha a receber 120 profissionais. Trata-se de um centro multi-tecnologia que visa a prestação de serviços a clientes nacionais e internacionais, tendo por base modelos cloud, manutenção e desenvolvimento aplicacional, outsourcing de processos de negócio, helpdesk, entre outros, e ainda com um grande foco na criação de soluções tecnológicas na área das Smarter Cities.

A criação do novo centro em Viseu surge também da necessidade de criar um espaço de competências complementar ao Centro Tecnológico em Tomar, inaugurado em 2013, por forma a trabalharem em sinergia.

Este projeto faz parte da estratégia global da IBM de ter centros de prestação de serviços localizados em vários pontos do mundo. Portugal destaca-se pelas vantagens competitivas dos recursos humanos na área das TI,  das excelentes infraestruturas físicas e digitais, da facilidade em falar diferentes línguas, da localização geográfica privilegiada e de uma cultura europeia fortemente enraizada.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Phasellus hac fermentum hac natoque id

Lacinia aptent vulputate odio at integer conubia. In. Senectus facilisi purus molestie curabitur. Phasellus hac fermentum hac natoque id gravida nibh fermentum facilisi augue etiam gravida vivamus a,

Facebook anuncia 3 milhões de anunciantes e uma nova ferramenta de vídeo para empresas

O Facebook acaba de anunciar que existem mais de 3 milhões de empresas, a maioria PME’s, que anunciam ativamente na rede social, espelhando um crescimento de 50% em

Ricoh é uma das 100 Empresas Mais Sustentáveis do Mundo

A Ricoh foi considerada uma das 100 empresas globais mais sustentáveis do mundo pelo nono ano consecutivo. A novidade foi revelada durante o Fórum Económico Mundial de Davos, que

GTI cresce 14% na venda de licenças em 2014

O canal de distribuição está a sofrer uma das mudanças mais radicais dos últimos anos devido ao aparecimento de novos modelos de comercialização de software, como o licenciamento

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *