Peter Stevens em Portugal para dar formação em SCRUM


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Ao longo de 2016, a Rumos vai dedicar uma parte significativa das suas ações de formação à temática de Scrum. O primeiro curso, uma certificação em CSM -Certified Scrum Master vai realizar-se nos dias 17 e 18 de março, nos centros Rumos, em Lisboa. Está ainda prevista uma outra ação sobre Product Owner nos dias 24 e 25 de março, no mesmo local. No 2º semestre de 2016 irão realizar-se no Porto.

Este curso é ministrado por um Scrum Alliance Certified Trainer (CST) que, utilizando blended-learning, isto é, combinando estudo em sala de aula, discussões em grupo e exercícios práticos hands-on, permitirá uma compreensão mais detalhada do Scrum e os seus princípios fundamentais.

Por outro lado, o Product Owner é o elemento chave de uma equipa de Scrum e assume a responsabilidade de liderar estrategicamente o projeto, colaborando com a equipa e os clientes numa base diária, gerando valor para o negócio.

Esta ação contará com a presença de um profissional de referência – Peter Stevens – formador e master com uma vasta experiência em Scrum. Peter Stevens é um líder empenhado na comunidade de Agile em todo o mundo e recentemente iniciou o Stoos Gathering, uma cimeira interdisciplinar para catalisar uma mudança duradoura na gestão dos negócios pelos princípios de Agile. Esta formação irá dar-lhe o ponto de vista do Product Owner, permitindo que seja um cliente eficaz da equipe Scrum, maximizando o ROI.

Destinado a Developers, Gestores, Analistas de Negócio, Testers e todos os interessados em projetos criativos, irá decorrer até ao dia 31 de janeiro uma campanha de lançamento – Early Bird – com um valor especial para as primeiras inscrições.

Os participantes desta formação terão oportunidade de observar como funciona o Scrum ao reinventar-se a partir dos seus princípios. Esta formação irá permitir também compreender como funciona o Scrum, por que motivo as empresas que o utilizam conseguem ser tão eficientes, bem como avaliar os desafios de introduzir o Scrum numa organização.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *