Opiniao: Micro Data Centers: What’s Big is Small


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Hoje em dia, ao lermos artigos da indústria de Centro de Dados, será bastante provável cruzarmo-nos com o termo “Micro Data Center”. A questão que eventualmente colocará é: o que é um Micro Data Center?

Se fizer uma pesquisa na Internet, encontrará um conjunto de diferentes referências a Micro Data Centers e se perguntar a 10 pessoas diferentes poderá eventualmente ter 10 respostas diferentes.

No dicionário, a definição que encontramos é: pequeno ou de pequena escala em comparação com outros do mesmo género. Muito bem. Então, quão pequeno é pequeno?

Pequeno é subjetivo

O uso do termo micro poderia ser uma pista. O problema é que o que é pequeno para uma pessoa poder ser grande para outra. Por exemplo, os web giants estão a construir instalações com capacidade de 50-100 megawatts. Para eles, um Centro de Dados de 1 megawatt será visto como pequeno mas equivalerá a um micro? Não me parece.

Algumas pessoas estão a utilizar o termo Centro de Dados “micro-modular”. Parece que estamos a falar de um Centro de Dados, que está incluso num invólucro pré-fabricado que é deixado no meio do deserto ou em qualquer outra localização remota.

Outros falam de Micro Data Center quando se referem à implementação de um ambiente de Centro de Dados pequeno num edifício comercial, com o aspeto de um Centro de Dados tradicional, mas implementado numa escala pequena.

Quando eu ouço o termo Micro Data Center, não penso apenas numa questão de espaço físico. Penso também na quantidade de equipamentos de TI que podem ser suportados em termos de capacidade de kW. Então qual é a capacidade de kW de um Micro Data Center? Isto dependerá obviamente do produto que estiver à procura.

Estabelecer uma definição

Infelizmente, não há uma medida estabelecida ou uma definição certa de Micro Data Center. Bom, isto era assim, até agora…

Um Micro Data Center constitui um ambiente de computação seguro e independente que inclui todas as capacidades de armazenamento, processamento e rede necessárias para correr as aplicações dos clientes.

Os Micro Data Centers são montados e testados num ambiente de produção e transportados dentro de um único armário que inclui todas as ferramentas de gestão associadas (DCIM), bem como capacidades de energia, arrefecimento e segurança necessárias.

Falamos de Micro Data Centers compostos por 1-10 racks IT, necessários para servir um mercado de emergente, que procura por soluções de rápida implementação e compatíveis com um conjunto abrangente de aplicações que requerem baixos níveis de latência e/ou elevada largura de banda.

Resumindo, um Micro Data Center pode ter vários tamanhos e formas, e pode também ser implementado em ambientes de escritório ou ambientes de exterior. Os Micro Data Centers estão desenhados para minimizar os custos de investimento, reduzir a pegada ambiental e o consumo de energia ao mesmo tempo que aceleram o tempo de implementação.

Author

João Rodrigues
João Rodrigues

Vice-Presidente, IT Business da Schneider Electric

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *