Olisipo vai lançar 12 novos talentos no mercado de trabalho através da sua IT Academy


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

O objetivo desta nova ação da IT Academy da tecnológica portuguesa Olisipo é formar um grupo de 12 jovens em Programação Web para integração nos quadros da empresa e alocação em projetos dos seus clientes, já no início de Abril.

A Olisipo tem pedidos constantes de Programadores Web por parte das empresas pelo que decidiu iniciar mais uma academia que vai formar recém-licenciados da área tecnológica. A formação é feita de forma intensiva e com uma forte componente prática, para que seja possível potenciar o talento destes jovens e solidificar as bases que estudaram na universidade. Estes profissionais estarão disponíveis para integrar os projetos das empresas que procuram estes perfis, já no início do mês de Abril.

Já não é novidade que quase todos os perfis profissionais nas tecnologias de informação têm praticamente emprego garantido. A grande questão é que a maioria das empresas já não consegue encontrar no mercado os perfis pretendidos, tendo em conta as suas especificidades. Isto deve-se, por um lado, ao aumento da procura, mas também às lacunas que existem entre as competências que os profissionais do sector dominam e as reais necessidades das empresas. A IT Academy da Olisipo permite aproximar as exigências das empresas ao talento de jovens licenciados através de formação de qualidade.

Porquê a Olisipo?

A empresa tem um historial de mais de 20 anos a recrutar, formar e gerir carreiras de profissionais das tecnologias de informação e conta atualmente com mais de 450 consultores. Durante o ano de 2016, a Olisipo prevê a contratação de pelo menos 50 pessoas através da sua IT Academy, em áreas como Web Development, Programação Mobile; Tecnologias Microsoft e Oracle; Redes e Telecomunicações; entre outras.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *