Microsoft realiza o seu maior evento do ano dedicado à Web e reúne mais de 350 participantes


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Mostrar como a Web está a mudar e a adaptar-se à nova geração tecnológica, e de que forma Portugal pode liderar esse caminho tirando partido das novas plataformas existentes, foram os principais temas em análise ontem no Microsoft WebCamp, o maior evento do ano inteiramente dedicado à Web, criado pela Microsoft Portugal em conjunto com o ecossistema de Web Developers Nacional.

Reunindo mais de 350 participantes de todos os quadrantes da indústria Web nacional, entre developers, startups, comunidades Web e alguns dos grandes experts nacionais e internacionais da área como Chris Heilmann, Jon Galloway, Mat Velloso (Microsoft Corp.), Beatriz Oliveira (BindTuning), José Castro (Codacy), Peter Tilsen (Uniplaces), Márcio Spínola (Outsystems) ou Carlos Alexandre (NOS Inovação), entre muitos outros (ver aqui a lista completa), o evento mostrou como é possível estimular o desenvolvimento de projetos que capitalizem a nova geração Web, com especial enfoque nas áreas de Modern Web Standards, Cloud, e Interoperabilidade. Esta iniciativa reforçou a preponderância da Web como uma prioridade tecnológica para toda a indústria, em particular tendo em conta o papel que assume para o crescente mercado português de startups (já com grandes exemplos de sucesso assentes na Web como são os casos da Uniplaces, parceira do evento, Talkdesk ou a própria Farfetch).

O evento foi criado em parceria com entidades de referência na área como a Codacy, Log, Findmore Consulting, YLD, BindTuning, WeListen, Devscope, Ousystems, ISEL, NOS, Rupeal, Uniplaces, BOLD Int. e SimplifyDigital, bem como a comunidade de Web Developers nacional.

A Microsoft Portugal anunciou ainda a disponibilização de uma nova ferramenta global para testar a compatibilidade de qualquer site para a Modern Web, disponível em http://aka.ms/testformodernweb, através do qual os utilizadores podem aceder a relatórios detalhados com sugestões de melhoria dos vários websites testados. O objetivo é mostrar como é possível trazer os antigos websites para esta nova Web e assim tirar partido de todo o seu potencial. Ao longo dos próximos meses, a Microsoft irá trabalhar com centenas de Websites nacionais para garantir a sua preparação para a Modern Web.

De acordo com João Almeida, responsável pelo Evangelismo Tecnológico para a Web na Microsoft Portugal, “num momento em que temos cada vez mais projetos nacionais a utilizar a Web como plataforma base de toda a estrutura do seu negócio, é fundamental analisarmos as potencialidades que estas novas plataformas têm e criarmos os momentos e condições de apoio a este ecossistema, de forma a colocarmos Portugal na linha da frente de um mercado web-based, aberto à escala global”.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *