Meta4 novamente destacada como uma das 100 Empresas de Software mais importantes da Europa

5544
0
Share:

A Meta4 foi novamente reconhecida como uma das 100 empresas de desenvolvimento de software mais importantes da Europa, de acordo com o ranking global “Truffle 100 Europe 2015”.

É mais um ano em que a Meta4 surge neste relatório elaborado anualmente pelo IDC, Truffle Capital, BARC, CXP e ESSEC, e que analisa os principais provedores europeus de software, valorizando a sua faturação, o crescimento de ano para ano, o reinvestimento e o capital humano dedicado a Investigação & Desenvolvimento.

Com 44.000 milhões de receita, 67.000 postos de trabalho em I&D, um crescimento de 5,2% e 7.000 milhões investidos em investigação, os fornecedores de software tornaram-se num forte componente para a economia europeia e no mais importante contribuidor para a inovação” afirma Bernard-Louis Roques, Sócio e Cofundador da Truffle Capital.

Paralelamente, o ano de 2014 foi um ano de mudanças, marcado pelo número elevado de empresas que apostaram no Cloud Computing para complementar os seus negócios de software tradicionais. De acordo com estimativas da IDC no relatório “quase metade das 100 principais empresas de software europeias incluíram a Cloud como parte da sua estrutura de negócio” e acrescenta que “para 2020, a cloud cobrirá a maior parte do investimento em TI das empresas, incluindo nas empresas de grande dimensão. Como consequência, todos os fornecedores de software da Europa devem considerar o modelo de Cloud Computing como parte integrante na planificação dos próximos anos.”

Seguindo esta tendência, a Meta4 continua a reforçar o seu posicionamento como fornecedor de soluções Cloud para a gestão de Recursos Humanos, uma área de negócios que já pressupõe 35% da faturação total do grupo e na qual integraram 50% dos novos profissionais contratados pela empresa em Espanha.

Para Carlos Pardo, CEO da Meta4: “O constante investimento em I&D e a forte aposta na nossa gama de soluções Cloud de Recursos Humanos, foram fatores decisivos para voltar a integrar este ranking europeu. Como empresa tecnológica presente em Portugal, estar novamente incluídos neste grupo, enche-nos de orgulho e é o reconhecimento do nosso esforço”.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário