25705 0

Melhor startup do mundo saída de um MBA é portuguesa

A melhor startup do mundo, saída de um MBA, é portuguesa e foi fundada por dois alumni do The Lisbon MBA, Luís Martins e Kiruba Eswaran. A Zaask (www.zaask.pt), uma plataforma de contratação de serviços locais, recebeu o MBA Award 2015 na categoria de “MBA Entrepreneurial Venture”.

Os MBA Awards, promovidos pela Association of MBAs (AMBA), procuram reconhecer o talento e as contribuições feitas pelas escolas e pelos seus alunos, nos MBAs e na comunidade em geral, premiando o que de melhor se faz nas escolas de negócios de todo o mundo, na vanguarda da excelência em liderança.

Luís Martins e Kiruba Eswaran foram distinguidos pela Zaask, uma plataforma online que ajuda os clientes a encontrar o profissional certo para realizar qualquer tipo de serviço, em qualquer local e à hora que necessite, melhorando significativamente o processo de contratação do mesmo, aumentando, igualmente, o volume de negócios de empresas e profissionais qualificados. Com cerca de 30 colaboradores e uma comunidade de mais  35.000 registados, a Zaask permitiu aos profissionais, em 2015, gerarem uma faturação acima dos 25 milhões de euros.

Os empreendedores foram distinguidos de um conjunto de seis finalistas mundiais, entre os quais se incluem uma plataforma de dadores de sangue, a Bloode, saída da Universidade de Atenas; e uma plataforma de leilão de bilhetes para jogos de futebol, a Never Empty saída da espanhola IE Business School.

Luís Martins, CEO da Zaask, sublinhou: “Estamos muito satisfeitos por termos conquistado este prémio. Por um lado, reconhece a Zaask como um projeto de grande sucesso a nível mundial, em que a inovação e a criação de valor são marcas distintivas. Por outro lado, reconhece o The Lisbon MBA enquanto ferramenta educativa que permite aos gestores e empreendedores acrescentarem valor aos seus negócios.”

 Anabela Possidónio, Diretora Executiva do The Lisbon MBA, acrescentou: “Não podíamos estar mais orgulhosos por dois dos nossos ex-alunos receberem esta distinção mundial por parte da AMBA. Para além de ser a comprovação da qualidade dos nossos alumni, é também um estímulo para continuarmos os nossos esforços de darmos aos alunos as ferramentas necessárias para poderem inovar e serem realmente líderes mundiais.”

 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Web Summit: Turismo de Portugal apresenta novas fases dos programas de aceleração de startups

A Rede de Escolas do Turismo de Portugal vai apresentar a segunda edição dos programas de aceleração de startups, Tourism Creative Factory e Open Kitchen Labs, no dia

Agustín Muñoz-Grandes é o novo CEO da S21SEC

A S21sec anuncia a nomeação da Agustín Muñoz-Grandes como novo CEO da empresa, assumindo a responsabilidade da gestão e direção administrativa da multinacional com presença em Espanha, Portugal,

Startup incubada no Vodafone Power Lab cria dispositivo IoT para prever cheias

Foi hoje apresentado, em Coimbra, o projeto Rio Mondego, criado por uma startup local que desenvolveu uma solução tecnológica que permite monitorizar o caudal do rio através de

Tecnologia portuguesa gera interesse na exploração espacial

A tecnologia com selo nacional parece não ter limites. A prová-lo está a mais recente inovação desenvolvida por Carlos Ribeiro – investigador do Instituto de Telecomunicações (IT). Trata-se

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *