Luís Simões destaca a importância do e-commerce para os operadores logísticos


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Luís Simões participou, no dia 21 de abril, no debate organizado pela Fundação ICIL intitulado “Para uma Cadeia de Distribuição Sustentável”. O evento, que teve lugar em Madrid, reuniu distribuidores e fabricantes do setor do retalho, no sentido de debaterem sobre a atual situação do e-commerce em Espanha e as tendências deste novo canal de venda.

No encontro, Javier Hernández Colom, Diretor Regional de Business Development da LS destacou que “o e-commerce está a gerar expetativas muito altas e dá-nos, pela primeira vez, uma grande visibilidade face ao cliente final”. O responsável referiu ainda que “devemos reinventar-nos e ser imaginativos. Neste caso, o processo mais complexo é o home delivery, pelo que estamos a trabalhar neste tema com os nossos parceiros para melhorar a experiência de compra do consumidor final”.

Em relação à tendência existente neste campo, o Diretor Regional de Business Development da LS referiu que o setor irá ser alvo de mudanças nos próximos tempos, já que a maioria dos compradores digitais são indivíduos com idades compreendidas entre os 16 e os 39 anos, o que significa que em 10 anos a população geral terá hábitos de compra muito diferentes dos atuais. “Devemos ter em conta o tipo de mercados aos quais nos dirigimos, já que existem muitos fatores que influenciam a sua evolução. As facilidades no acesso a uma compra online, o grau de interação com os diferentes canais ou a segurança dos sistemas de pagamento são alguns desses exemplos”, afirmou Javier Hernández Colom.

Presentes estiveram ainda vários especialistas como Jesús Sánchez Lladó, chefe da Unidade de e-Commerce e correios/encomendas; Pol Lligoña, Supply Chain Espanha da Privalia e Juan José Ojeda, Head of Logistics de Camper; e Cristina Martínez, diretora de Business Development & Account Management Consumer MLEMEA DSC- CHL Supply Chain no papel de moderadora. Os intervenientes expuseram diversas opiniões centradas em questões como a estratégia seguida em e-commerce a partir dos pontos de vista logístico, distribuição e cliente.

Todos os oradores concordaram que a venda online, ainda que tenha penetrado bastante em Espanha e apresente um crescimento anual de 15 a 20%, tem um longo percurso pela frente. Em Espanha, apenas 13% das empresas utilizam este canal de venda, número que se concentra nos setores da saúde, beleza e moda, o que significa que existe uma grande percentagem de empresas que ainda não segue a tendência.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *