IBM adquire Ustream para expandir serviços de vídeo na cloud em todas as indústrias


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A IBM acabou de anunciar a aquisição da Ustream, Inc., um fornecedor de streaming de vídeo em direto. Esta decisão pretende alargar os serviços da plataforma IBM Cloud para ajudar os clientes empresariais a tirarem cada vez mais partido do vídeo como uma importante fonte de informação e como um ativo crítico no mundo digital.

A Ustream fornece streaming de vídeo baseado na cloud a empresas de todas as indústrias, incluindo o setor de media & entretenimento, com serviços que vão desde palestras empresariais a concertos de música ao vivo. A empresa transmite todos os meses vídeo em direto e on-demand para cerca de 80 milhões de espetadores para clientes como a NASA, a Samsung, o Facebook, a Nike e o The Discovery Channel.

A Ustream junta-se assim à recém-criada unidade Cloud Vídeo Services da IBM que combina funcionalidades e ativos dos laboratórios de investigação da Companhia com as aquisições estratégicas que tem realizado nos últimos anos. A IBM vai disponibilizar um completo portefólio de serviços de vídeo incorporando o desenvolvimento de APIs abertas, analítica digital e visual, e gestão simplificada para todas as indústrias.

“O vídeo é o meio de comunicação mais poderoso e emocional que existe”, afirmou Brad Hunstable, CEO, Ustream. “Cada vez mais está a tornar-se na forma preferida de comunicação, e não apenas para a área de entretenimento. Criámos uma plataforma de vídeo que é de fácil utilização, mas mesmo assim incrivelmente escalável e segura, e foram estas qualidades que nos tornaram na solução ideal para se acrescentar ao portefólio da IBM.”

O vídeo tornou-se na principal forma para comunicar com clientes e colaboradores através de uma ampla diversidade de formatos, incluindo webcasts, conferências, palestras, webinars, atendimento ao cliente, how-to do vídeos, e muito mais.

“O vídeo tornou-se numa excelente fonte de dados no mundo empresarial, exigindo poderosas ferramentas de analítica que permitam que os clientes passam extrair informação e conhecimento com valor para as suas organizações”, sublinhou Robert LeBlanc, vice-presidente sénior da IBM Cloud. “Agregar as nossas inovações de vídeo e de cloud numa unidade integrada, criará oportunidades para os clientes tirarem partido desse meio da maneira mais estratégica possível.”

Para poderem gerir os seus serviços de vídeo, os clientes terão que selecionar uma solução baseada na cloud que seja segura, escalável e com padrões abertos.

A nova unidade de Cloud Video Services da IBM vai combinar os ativos da Ustream com os da Clearleap, uma outra aquisição recente. Irá também criar soluções que integrem tecnologias provenientes de outros investimentos da IBM, como a Aspera, a Cleaversafe e as inovações da unidade de I&D da IBM. A IBM tem mais de de 1.000 patentes em áreas como a analítica visual e a procura de imagens e vídeos digitais. A IBM já recebeu quatro prémios Emmy por inovações relacionadas com vídeo.

Como resultado de todos estes investimentos, a IBM está a criar uma plataforma Cloud líder que permite facilmente aos seus clientes armazenarem e gerirem vídeo em direto ou on-demand, enriquecê-los através da analítica, gerir os direitos de utilização e as capacidades linguísticas, e distribuí-los mundialmente.

Veja o vídeo

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *