Hugo Ferreira é o novo International Business Unit Director da PHC


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A PHC conta agora com Hugo Ferreira como International Business Unit Director. Este reforço dos quadros superiores da empresa dá continuidade à sua aposta na internacionalização, enquadrado na estratégia de reforço da posição nos mercados em que já opera e de entrada em novos países na América Latina.

Para Hugo Ferreira, liderar as operações internacionais da software house “será um grande desafio, uma vez que o objetivo não é só reforçar a aposta na internacionalização e crescer em novos mercados, mas fazê-lo de forma sustentável e de acordo com os padrões de qualidade que sempre pautaram a atuação da PHC e que garantem a satisfação dos clientes e parceiros de negócio.”

Hugo Ferreira é licenciado em Gestão de Sistemas de Informação pelo Instituto Superior da Maia. Iniciou o seu percurso profissional como consultor no ano de 2000. Em 2008, integrou a Primavera BSS como consultor e gestor de projetos internacionais, na Europa e em África. Em 2013, o reconhecimento das suas competências de gestão trouxe-lhe o novo cargo de Consulting Manager em Moçambique.

A nomeação de Hugo Ferreira como International Business Unit Director representa, para a tecnológica portuguesa, mais um passo no reforço da sua posição em novos mercados internacionais, nomeadamente na América Latina, onde investiu recentemente um milhão de euros.

Recentemente, a PHC Software anunciou os seus melhores resultados de vendas a nível global, com um aumento de 12% das vendas em 2015 e uma faturação de 9 milhões de euros. Para fazer face a este cenário de crescimento, empresa tem vindo a reforçar a sua equipa, tanto em Portugal como em Espanha, Angola e Moçambique. Também a rede de parceiros conta agora com mais 400 distribuidores.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *